Anúncios

Tempestade de neve quase um mês antes da data normal da primeira nevada fechou estradas, cancelou voos e surpreendeu os moradores de Pequim e várias outras cidades da China | NOEL CELIS/AFP/METSUL METEOROLOGIA

O inverno chegou mais cedo e com muita força em várias partes da Ásia. A China foi o país atingido por uma poderosa onda de ar polar vinda do Ártico e que se deslocou depois para a península coreana, trazendo frio atipicamente intenso para o mês de novembro e muita neve em diversas regiões.

Pequim, a capital chinesa, teve a sua primeira grande nevada da estação fria de 2021/20222 e 23 dias antes do habitual. A neve branqueou a cidade e cobriu os seus principais cartões postais como a Praça da Paz Celestial e a Cidade Proibida. Se a neve fez alegria de muita gente que foi à rua brincar e fazer guerra de bolas, também trouxe transtornos para a capital chinesa como suspensão de ônibus, cancelamento de voos e interrupção de viagens de trens.

Pelo menos 175 linhas de ônibus foram suspensas. O sistema de ônibus da capital decidiu encurtar o intervalo entre as saídas e estender o tempo de operação em áreas-chave para facilitar a viagem dos passageiros e reduzir o tempo de espera. Pelo menos nove trens na estação de embarque em Pequim foram suspensos no domingo devido à nevasca.

A neve não se limitou a Pequim e atingiu as vizinhas Hebei, Tianjin, Mongólia Interior e também Liaoning, no Nordeste da China. Cerca de 140 rodovias em Pequim, Tianjin, Hebei, Shanxi, Ningxia, Shaanxi, Qinghai e Liaoning foram fechadas pelo acúmulo de neve e os riscos para os motoristas.

O Observatório Meteorológico de Pequim primeiro emitiu um alerta amarelo de onda de frio no dia 5 de novembro. O aviso de nevasca foi elevado para laranja na manhã de domingo. Desde a noite de sábado, as redes sociais ficaram abarrotadas de fotos e vídeos da primeira grande neve do ano. A mídia social chinesa Weibo foi tomada de postagens sobre a neve.


Dois pandas brincam com a neve em Xian, na província de Shaanxi, no Norte da China, após uma forte nevada na região | STR/AFP/METSUL METEOROLOGIA

A temperatura mais baixa já registrada pelo observatório na primeira quinzena de novembro nos últimos dez anos foi de -4ºC em 1º de novembro de 2016. Já a primeira neve deste ano foi 23 dias antes da data média do primeiro registro que é em 29 de novembro. A neve mais precoce segue sendo a de 31 de outubro no inverno de 1987/88, e a mais tardia em 11 de fevereiro no inverno de 1983/84.

Esta não é a primeira onda de frio intenso mais cedo que o comum na região neste outono. No mês passado, uma massa de ar do Ártico trouxe mínima abaixo de zero para Pequim, estabelecendo um recorde de mínima pro período de meados de outubro, disse a autoridade meteorológica municipal. Fez -0,2ºC, a menor temperatura para o decêndio de 11 a 20 de outubro desde 1969.

Anúncios