Anúncios

Raio no Yatch Club de Porto de Buceo durante a tempestade elétrica da última noite em Montevidéu | MARIANA SUAREZ/AFP/METSUL METEOROLOGIA

A tempestade elétrica que atingiu ontem a região de Montevidéu e Buenos Aires trouxe uma grande quantidade de raios. Fortes áreas de instabilidade avançaram pelo Rio da Prata com um elevado número de descargas atmosféricas.

Na capital uruguaia, a fotojornalista Mariana Suarez da agência de notícias France-Presse (AFP), que a MetSul tem parceria de distribuição de conteúdo, flagrou a partir da Rambla Armenia o momento exato em que um raio atingiu a área do centenário Yatch Club do Porto de Buceo.


O temporal de raios que atingiu o Sul do Uruguai provocou chuva forte e queda de granizo em pontos da cidade de Montevidéu. A tempestade assolou ainda os departamentos de Maldonado e Canelones no começo da madrugada desta terça-feira, também com muitas descargas atmosféricas pelas células de temporal que se deslocaram a partir do Rio da Prata.

A grande incidência de descargas atmosféricas na noite de ontem e na madrugada de hoje na província de Buenos Aires e no Sul do Uruguai se deu em razão do avanço de uma frente fria que encontrou uma massa de ar quente em dianteira, gerando nuvens de grande desenvolvimento vertical com muitas descargas. Esta frente trouxe neve ontem nas áreas de maior altitude da Patagônia enquanto a massa de ar quente foi responsável por calor de 35ºC no Norte uruguaio e de 37ºC no Rio Grande do Sul.

Apesar das muitas descargas atmosféricas, os volumes de chuva não foram altos. De acordo com dados do Instituto Nacional de Meteorologia do Uruguai, os maiores volumes de chuva observados até o começo da manhã de hoje foram de 33,5 mm em Balneário Solís (Maldonado), 31,8 mm em Laguna del Sauce (Maldonado), 27,0 mm em Villa Rodríguez (San José), 25,0 mm em Pan de Azúcar (Maldonado), 17,00 em Punta del Este (Maldonado) e 14 mm em Cuchilla Alta (Canelones).


Massa de ar frio de forte intensidade está ingressando neste momento no Uruguai. Modelos indicam que a temperatura no nível de 850 hPa (a 1.500 metros de altitude e não em superfície) deve chegar a apenas 2ºC no começo desta quarta na área de Montevidéu, valor muito baixo para esta época do ano e que sinaliza uma incursão de ar frio mais intensa do que o normal para novembro na região e que chega com rajadas de vento forte. A temperatura às 15h desta terça-feira era de apenas 17,5ºC com céu nublado na estação do Inumet do Prado, em Montevidéu.

Apesar de ainda chover em alguns pontos do Uruguai, esta massa de ar frio vai ser responsável nos próximos dias por uma sequência de jornadas de tempo ensolarado no país com noites frias e mínimas muito baixas, especialmente na quinta, no interior uruguaio. No final de semana, a temperatura entre em elevação. A região de Montevidéu voltaria a ter chuva na próxima terça-feira.

Anúncios