O Uruguai enfrentou grandes incêndios em vegetação no fim do ano nos departamentos de Rocha e Canelones, quando da grande onda de calor que afetou o Rio Grande do Sul nos últimos dias de 2019.

Agora, uma nova onda de calor afeta a região do Prata e traz mais uma vez fogo para o país vizinhos. Dois incêndios em vegetação ardiam ontem na região de Punta del Este, no departamento de Maldonado, no Sul do país.



O balneário chegou a ficar encoberto pela fumaça originada do incêndio que atingia a área do Cerro Pan de Azúcar. Tropas do exército uruguaio foram mobilizadas para auxiliar brigadistas e bombeiros no combate às chamas.

Aqui no Rio Grande do Sul, incêndio atingiu parte do Morro Santana, em Porto Alegre, na noite da segunda-feira. O risco de fogo em vegetação vai seguir extremo no Sul do Uruguai com a possibilidade de novos incêndios. Na maior parte do interior do país vizinho e em diversas regiões gaúchas, o risco de fogo será médio a alto até o final desta semana.

A probabilidade de fogo será maior em localidades do Oeste e do Sul do Estado, particularmente nas proximidades do Taim e na região da Campanha. O vento que sopra da tarde pra noite é um agravante. Entre domingo e segunda, com a chegada de uma frente fria e a perspectiva de que chova de forma mais ampla, o risco de fogo deve diminuir no Rio Grande do Sul.