Anúncios

Exatamente 25 anos depois do furacão Andrew ter arrasado o Sul da Flórida, o poderoso furacão Harvey atinge o Sul do estado americano do Texas. O centro da tempestade tocou terra na área de Rockport no começo da madrugada deste sábado com um furacão categoria 4 com pressão mínima central de 940 hPa e vento acima de 200 km/h. Nesta manhã de sábado, ao avançar sobre terra, Harvey enfraqueceu para tempestade de categoria 1 na escala Saffir-Simpson que vai até 5.


Em boletim de alerta, o escritório nacional do Serviço Nacional de Meteorologia dos Estados Unidos em Corpus Christi alertou que partes da região podem ficar “inabitáveis por semanas ou meses”. Harvey encerra longo e sem precedentes jejum de 12 anos nos Estados Unidos. É o primeiro furacão intenso (categorias 3 a 5) a tocar terra no país desde Wilma em 2005. É apenas o quarto furacão categorias 4 ou 5 nos Estados Unidos desde 1970, junto com Hugo (1989), Andrew (1992), e Charlie (2004). É o furacão mais forte a alcançar o Texas desde Carla em 1961.

Seus efeitos podem ser desastrosos. Isso porque a tempestade, mesmo enfraquecendo sobre terra, seguirá quase estacionária por vários dias no Sul do Texas. Apesar de danos por vento, a grande ameaça será a chuva descomunal que alguns modelos numéricos projetam pode atingir até 1000 milimetros com risco de acumulados superiores, gerando inundações catastróficas. Houston é uma das áreas que pode ter enchente excepcional.


 

 

Anúncios