Anúncios

O nível do Lago Guaíba no Cais Mauá chegou a apenas 0,25 metro ao meio-dia desta quarta-feira (25). A marca é muito baixa e bastante inferior ao nível médio normal para o mês de novembro no cais de 0,72 metro. Com a baixa das águas, bancos de areia foram observados nesta quarta no Lago Guaíba a partir do Centro de Porto Alegre.

Júlio Sal

A forte baixa do Guaíba decorre de dois fatores. Primeiro, a estiagem que atinge o Rio Grande do Sul e traz precipitações abaixo a muito abaixo da média histórica nos principais rios que deságuam no Guaíba: Jacuí, sistema Taquari-Antas, Sinos-Paranhana, Gravataí e Caí. Além disso, o vento do quadrante Norte favoreceu o rápido escoamento das águas para a Lagoa dos Patos, contribuindo para baixa do nível do manancial.



A tendência para os próximos 10 a 15 dias é de um padrão de instabilidade freqüente que deve trazer chuva recorrente para a cidade de Porto Alegre e acumulados de precipitação muito altos do Centro para o Norte do Rio Grande do Sul, nas bacias dos rios que deságuam no Guaíba, o que permitirá uma elevação acentuada do nível do lago da Capital.

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

Anúncios