Anúncios

O Sul do Brasil registrou geada a apenas três dias do fim do ano e uma semana após o início do verão. O fenômeno foi observado em áreas de baixadas do município catarinense de São Joaquim, a mais de 1.200 metros de altitude, na região do Planalto Sul.

De acordo com dados de estações da Epagri-Ciram, as mínimas desta quinta-feira no Planalto Sul de Santa Catarina foram de 4,1ºC em Urupema, 5,2ºC em Urubici, 7,9ºC em Rio Rufino e 7,7ºC em São Joaquim, mas baixadas anotaram marcas menores pelas diferenças comuns de microclima.


O que aconteceu? Uma massa de ar frio ingressou ainda no começo da semana no Sul do Rio Grande do Sul. Ontem, sistema de baixa pressão atuo junto ao Leste do Sul do país e provocou chuva e temporais isolados na região.

Ao se deslocar para o mar e se afastar, a baixa pressão sobre o oceano impulsionou ar mais seco e frio pelo Sul do Brasil, o que afastou a chuva e permitiu a melhora do tempo em muitas áreas. Com o tempo aberto da madrugada, o resfriamento noturno favoreceu mínimas mais baixas.


A geada é proporcionada pela combinação de ar seco, vento calmo e tempo aberto. Nesta fase do ano a atmosfera muito seca em seu perfil vertical é o principal contribuinte para que à noite as temperaturas caiam mais. À medida que a atmosfera se resfria, o ar mais denso e pesado escoa para as baixadas, onde ocorrem às mínimas, e se forma a geada.

Foi exatamente o que ocorreu hoje cedo em São Joaquim, em Santa Catarina. O frio mais forte se limitou às baixadas, onde as marcas perto ou abaixo de 5ºC proporcionaram a formação de gelo sobre a vegetação na relva com cartões postais que estamos acostumados a ver durante o inverno. As fotografias são de Mycchel Legnaghi do São Joaquim Online.

No Rio Grande do Sul, as mínimas hoje foram de 8,2ºC em São José do Ouro, 8,3ºC em São José dos Ausentes, 8,4ºC em Vacaria, 9,9ºC em Getúlio Vargas, 10,1ºC em Bom Jesus e em São Francisco de Paula e 10,6ºC em Cambará do Sul.

Desde a segunda-feira, gaúchos de várias cidades têm convivido com frio à noite para os padrões do verão. Na segunda-feira, por exemplo, a temperatura mínima na fronteira com o Uruguai foi de só 13,4ºC na estação de Jaguarão.

Na terça-feira, o dia começou com apenas 11,5ºC em Capão do Leão, 11,6ºC em Rio Grande e Jaguarão, e 12,3ºC. Em Herval, na fronteira com o Uruguai, estação automática particular acusou na terça mínima de somente 9,3ºC.

Ontem, a madrugada anotou em estações oficiais do Instituto Nacional de Meteorologia mínimas de 12,7ºC em Canguçu, 13,1ºC em Caçapava do Sul, 13,2ºC em Quaraí, 13,5ºC em Livramento, 13,8ºC em Uruguaiana e 13,9ºC em Encruzilhada do Sul.

Anúncios