Anúncios

Governo do estado do Amazonas decretou na última semana  situação de emergência pelo aumento de queimadas. O número de focos de fogo detectados pelo Inpe somente nos primeiros onze dias deste mês supera o de agosto de 2018 e já está perto da média mensal histórica do estado.


Transportada por correntes de vento em altitude, a fumaça desce pelo interior da América do Sul até o Centro-Norte da Argentina e o Sul do Brasil. Simulação de modelo de dispersão de monóxido de carbono pra esta noite do sistema climático-ambiental Copernicus da União Europeia mostra a pluma de fumaça alcançando o Sul do Brasil.

E a projeção do modelo europeu está correta. Imagem de satélite em alta resolução da NASA mostrava fumaça das queimadas na Amazônia e Centro-Oeste no Sul do Brasil nesta tarde, afetando mais o Oeste da região e o Paraguai. 


A perspectiva é de predomínio do tempo seco em grande parte da região amazônica nas próximas semanas, especialmente no Centro-Oeste, logo a fumaça voltará ao Sul do Brasil em episódios de ar quente com ingresso de correntes de vento de Norte. 

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

 

Anúncios