Anúncios

Frio trouxe paisagens de inverno em Santa Catarina no começo desta quarta-feira. Alguns pontos chegaram a registrar 6°C abaixo de zero ao amanhecer na área de São Joaquim. Previsão é de frio ainda nas próximas madrugadas. | Nilson Wolff

O frio em Santa Catarina foi atipicamente intenso para a época do ano nas primeiras horas desta quarta-feira. Assim como a MetSul Meteorologia havia antecipado, a região teve um amanhecer de julho em pleno mês de abril com mínimas baixíssimas para o mês e muita geada nos campos.

A temperatura mínima na estação meteorológica da Epagri no município de Urupema foi de 5,4ºC abaixo de zero. É a menor marca na estação em abril desde que foi instalada em 2008. Outros pontos de medição na região de São Joaquim também indicaram mínimas de -5ºC a -6ºC ao amanhecer. De acordo com dados da Epagri, os termômetros indicaram ainda -1,1ºC em São Joaquim, -1ºC em Curitibanos e -0,1ºC em Ponte Alta do Norte.


As diferenças de mínimas dentro de um mesmo município entre diferentes estações e de diferentes órgãos de monitoramento se explica pelos microclimas. Pontos de medição em locais mais altos registram mínimas mais altas ao passo que estações em baixadas apresentam mínimas muito menores em noites de céu claro, ar muito seco e vento calmo. O ar frio e mais denso (pesado) escoa das partes altas para as baixadas, gerando resfriamento muito maior nestes microclimas urbanos e rurais.

Justamente estas condições proporcionaram a ocorrência de geada forte nesta quarta-feira em baixadas do Planalto Sul Catarinense com paisagens completamente tomadas de gelo e típicas do auge do inverno.

Frio seguirá com mais marcas negativas

A previsão da MetSul é que novas marcas negativas sejam observadas na sequência das próximas madrugadas no Sul do Brasil, sobretudo no Planalto Sul Catarinense e na área de São José dos Ausentes. O ar muitíssimo seco em altitude previsto para esta segunda metade da semana com tempo aberto favorecerá intenso resfriamento noturno principalmente em baixadas, mesmo com o enfraquecimento da massa de ar frio que ingressou no começo da semana.

Paradoxalmente, esta massa de ar frio que atua no Sul do Brasil está longe de ser de forte intensidade. O ar extremamente seco em altitude é o vetor que está proporcionando as mínimas muito baixas e a geada, o que explica as mínimas invernais durante a madrugada e as tardes com máximas muito agradáveis. Fosse uma massa de ar frio potente, as tardes também seriam frias e isso não está ocorrendo.


 

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

 

Anúncios