Anúncios

Pachamama gelou !!!! A poderosa massa de ar polar de natureza continental que foi responsável pela neve desta semana no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina provocou graves conseqüências sociais e econômicas em países da América do Sul. Na Bolívia, pelo menos 5 pessoas morreram em consequência do frio e comunidades inteiras ficaram isolados. A imprensa de La Paz informou sobre pessoas percorrendo longas distâncias a pé em direção à capital do país. As autoridades informaram que o frio e a neve provocaram um desastre no campo com mais de 7 mil lhamas mortas pelo frio e falta de alimentação com a vegetação coberta pelo gelo e neve na região. Houve ainda mortes de ovelhas e alpacas (Reprodução do jornal Pagina Siete).


No Paraguai, o frio muito intenso provocou a morte de cinco pessoas por hipotermia. No campo, morreram pelo frio 5216 cabeças de gado, conforme lo Serviço Nacional de Saúde Animal (SENACSA). As maiores perdas se concentraram nos departamentos de Paraguarí, Caazapá e Itapúa, mas Misiones e Ñeembucú também tiveram perdas. Todas as áreas afetadas são do Centro e do Sul do país, próximas do Noroeste do Rio Grande do Sul e do Oeste de Santa Catarina e do Paraná.


No Peru, as fortes nevadas que atingiram a região de Arequipa, no Sul do país, causaram a morte de mais de 10 mil crias de alpacas e lhamas, além de 3 mil ovelhas. Os animais foram sepultados pela grande quantidade de neve que passou de um metro de acumulação em alguns pontos. As perdas são estimadas em dois milhões de dólares. O Serviço Nacional de Meteorologia e Hidrologia do Peru (Senamhi) informou que as nevadas se registraram em áreas 3800 metros acima do nível do mar e que a intensidade foi a maior desde 2002. O governo peruano decretou emergência nas áreas mais castigadas.


Moradores das zonas altas de Caylloma ficaram isolados pela neve – Autocolca/Governo do Peru/Divulgação

No Chile, na região de Antogasta, a neve também foi atípica. No domingo passado, a cidade turística de San Pedro de Atacama, localizada na pré-cordilheira, a 1200 quilômetros ao Norte de Santiago, amanheceu coberta de neve depois de 30 anos. O deserto mais árido do mundo ficou branco . Mas nem tudo foi alegria. O frio intenso provocou rompimento de canos, o que obrigou que algumas comunidades recebessem água por caminhões-pipa. Houve ainda bloqueio de estradas na região.


Nevada do último domingo cobriu de branco a região chilena de San Pedro de Atacama – @Snpedrodatacama

O frio foi muito intenso no interior do continente, o que explica porque a menor marca da semana no Rio Grande do Sul foi em Santa Rosa na quarta-feira, quando os termômetros indicaram 4,1ºC abaixo de zero na estação automática do bairro Planalto. Na terça-feira e na quarta, a maioria das estações do Paraguai registrou mínimas próximas de 0ºC ou negativas.

Anúncios