Anúncios

O fim de semana tem instabilidade no Sul e no Sudeste do Brasil por conta de circulação de umidade marítima e a passagem de uma frente fria pela costa. Há risco de chuva forte em pontos isolados, uma vez que se formam nuvens carregadas localizadas, sobretudo no Paraná e nos estados do Sudeste.


O que acontece? Um centro de alta pressão atmosférica atua neste fim de semana a Leste da província de Buenos Aires, acompanhando uma massa de ar mais frio sobre o Atlântico Sul. Ao mesmo tempo, frente fria associada a um ciclone mais ao Sul do Atlântico se desloca pela costa junto ao litoral do Sudeste do Brasil.

A circulação de umidade que vem do mar para o continente pelo centro de alta na costa argentina traz muitas nuvens e instabilidade para o estado gaúcho e favorece tempo instável também principalmente no Leste catarinense. Em Santa Catarina e no Paraná, chove em vários pontos no decorrer do fim de semana por conta de ar tropical quente e a presença da frente junto ao litoral.


O sol aparece entre muitas nuvens no Rio Grande do Sul neste sábado em algumas cidades, mas diferentes pontos do estado devem ter um dia de maior nebulosidade. Uma frente fria passa pela costa e induz instabilidade no continente, o que deve trazer chuva em áreas localizada de várias regiões gaúchas neste sábado.

As precipitações isoladas devem atingir mais locais das Metades Norte e Leste. Uma vez que a circulação marítima favorece nuvens Cumulus, há risco de pancadas fortes em pontos isolados.

Amanhã, o sol aparece com nuvens em mais pontos do Rio Grande do Sul, embora ainda com momentos de maior nebulosidade principalmente na Metade Leste. Nebulosidade que avança do mar para o continente pode provocar ainda chuva isolada. No geral, grande parte das cidades gaúchas terá tempo firme.

O ingresso de ar mais ameno a partir de centro de alta pressão traz domingo de marcas agradáveis para esta época do ano, entretanto deve favorecer vento do quadrante Leste, de Sudeste a Leste, inclusive nas praias, que pode soprar moderado com ocasionais rajadas, mas sem potencial de danos.

Instabilidade também no Sudeste do Brasil. Inicialmente, em consequência de ar tropical quente e úmido apenas. Na sequência, passagem de frente fria pela costa reforça a instabilidade.

Pancadas de chuva atingem São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro hoje e amanhã, especialmente da tarde para a noite, apesar de um alguns locais já chover de manhã. É alto o risco de chuva forte a intensa localizada com risco de temporais.

Anúncios