Anúncios

As primeiras grandes nevascas de inverno começaram a atingir a Europa neste final de novembro. Grande quantidade de neve causou transtornos em vários estados alemães. Na Áustria, a neve passou de um metro em alguns pontos. Na Ucrânia, tempestade veio com muita neve e vento associada a um ciclone poderoso no Mar Negro. Ontem, a menor temperatura da temporada fria 2023/2024 até agora registrada em Tulppio (Savukoski), na Finlândia, com -34,6°C, a menor temperatura de novembro no país desde 2002 (-38,0°C). O recorde nacional de novembro é de -42,0°C, em Sodankylä, em 1915.

Bombeiro fecha uma estrada secundária em direção a Großer Feldberg, na Alemanha, devido à intensa queda de neve. | JAN EIFERT/DPA PICTURE-ALLIANCE/AFP/METSUL METEOROLOGIA

Cão se diverte na neve no Volkspark Rehberge com uma bola no focinho. Pessoas em Berlim e Brandemburgo enfrentaram a primeira grande nevada da temporal invernal de 2023/2024. | SEBASTIAN GOLLNOW/DPA PICTURE ALLIANCE/AFP/METSUL METEOROLOGIA

Equipes de resgate empurram um carro preso na neve durante uma forte nevasca na região de Odessa, na Ucrânia. Mais de 2.000 cidades e aldeias ficaram sem energia devido ao mau tempo na Ucrânia. | SERVIÇO DE EMERGÊNCIA DA UCRÂNIA/AFP/METSUL METEOROLOGIA

Uma mulher caminha em uma estrada coberta por uma grossa camada de neve em Gdansk, na Polônia. O Norte polonês é a região mais atingida do país com estradas cobertas com vários centímetros de neve. | MICHAL FLUNDRA/NURPHOTO/AFP/METSUL METEOROLOGIA

Morador remove a neve de uma via após uma forte nevasca, nos arredores de Sófia, na Bulgária. | NIKOLAY DOYCHINOV/AFP/METSUL METEOROLOGIA

Pessoas numa estrada em meio ao nevoeiro congelante e a paisagem nevada perto do cume do Schauinsland, na Alemanha. | PHILLIP VON DITFUTH/DPA PICTURE ALLIANCE/AFP/METSUL METEOROLOGIA


Anúncios