Anúncios

Temporais atingiram o Centro da Argentina pelo segundo dia consecutivo durante a segunda-feira (19) e prosseguiam na região na madrugada de hoje (20). As tempestades fortes a severas atingiram principalmente as províncias de Córdoba, Buenos Aires e o Sul de Santa Fé e Entre Rios.

Os temporais provocaram vendavais isolados que em algumas cidades resultaram em quedas de postes, árvores e destelhamentos de casas e prédios, sobretudo em cidades da província de Buenos Aires.

Vento forte fez estragos na província de Buenos Aires durante a segunda-feira

O pior trazido pelas tempestades severas, entretanto, foi o granizo. Em várias províncias do Centro da Argentina houve registro de granizo nas últimas horas com pedras de gelo de médio a grande tamanho, capazes de provocar danos, em algumas localidades.

Ar muito quente atua no Oeste e no Norte da Argentina com umidade no Centro do país associada a uma frente fria. Ar mais frio avança na retaguarda do sistema frontal e trará queda acentuada da temperatura no Centro argentino no dia de hoje.

A combinação de atmosfera muito quente com maior umidade traz altas taxas de instabilidade atmosféricas que forma nuvens muito carregadas. O avanço da frente fria foi o gatilho para a geração destas nuvens de tormenta no Centro da Argentina com os temporais que se generalizaram na região entre a segunda e esta terça-feira.

Os temporais alcançaram ainda com vento forte o Sul e o Sudoeste do Uruguai. O Instituto Uruguaio de Meteorologia (Inumet) chegou a emitir um alerta laranja de fortes temporais para a região e agora tem um aviso de vento forte e persistente com o ingresso de ar mais frio.

Não há previsão de chegada destes temporais no Rio Grande do Sul no curto prazo. Na segunda metade desta semana, com ar quente e mais úmido sobre o território gaúcho, há a possibilidade de tempestades isoladas de vento forte ou granizo, sobretudo nas Metades Oeste e Norte que estarão com a atmosfera mais aquecida.

Anúncios