Anúncios

Um terremoto de magnitude 6,4 foi registrado no começo de noite desta segunda-feira na província argentina de Salta, perto da fronteira com o Chile, informou o Instituto Nacional de Prevenção Sísmica. O sismo foi registrado às 19h54 (hora local) e o epicentro localizou-se a 192 quilômetros a Oeste da cidade de Salta e a 34 quilômetros a Nordeste da cidade de Tolar Grande.

De acordo com informações preliminares, o terremoto atingiu a profundidade de 188 quilômetros. O USGS dos Estados Unidos estimou a magnitude em 6,3 e localizou o epicentro 76 quilômetros a Sudoeste da cidade de San Antonio de los Cobres, no departamento de los Andes, província de Salta. Segundo a mesma medição, o terremoto atingiu a profundidade de 147,8 quilômetros. Como foi um sismo muito profundo, não há expectativa de danos maiores. 

Foi o segundo forte abalo no Norte da Argentina. Ontem, terremoto atingiu as localidades históricas de Caspala e Humahuaca, na província argentina de Jujuy. A magnitude do terremoto foi de 5,8 e com uma profundidade de apenas 9 quilômetros. 

Conforme publicado pelo Instituto Nacional de Prevenção Sísmica (Inpres), o movimento forte aconteceu às 13h40 e seu epicentro ocorreu 106 quilômetros ao Norte de San Salvador de Jujuy.

O terremoto causou grandes danos materiais. Casas e suas  fundações ou paredes racharam, mas não houve vítimas fatais em razão do forte abalo sísmico. 

Anúncios