Anúncios

A temperatura na estação de Furnace Creek, no Death Valley, localizado no deserto do Sul da Califórnia, atingiu ontem 54,4°C. O dado é do Serviço Nacional de Meteorologia da NOAA. Se verificado correto, seria a temperatura mais alta registrada nos Estados Unidos desde 1913, e talvez a temperatura mais alta já registrada de forma confiável no planeta. 


A temperatura mais alta já registrada na Terra também foi observada no Vale da Morte com 56,6°C em 1913. Muitos especialistas afirmam que aquela leitura da temperatura de 1913 e várias outras temperaturas registradas naquele verão foram provavelmente um erro do observador.

Uma análise de 2016 feita pelo historiador Christopher Burt revelou que outras observações da região em 1913 simplesmente não se enquadram na leitura recorde dos registros do Vale da Morte.

Por causa da geografia local e meteorologia únicas, as leituras diárias dos vários locais de observação naquela área do deserto são quase sempre parecidas umas com as outras, mas durante a semana em que o recorde absoluto foi estabelecido em 1913 outros locais da região estavam cerca de 4°C acima do normal enquanto que as leituras do Vale da Morte foram 9°C acima do normal.


Em 1931, temperatura recorde para a África foi registrada na Tunísia com 55°C, mas de acordo com o historiador esta e muitas outras leituras de temperatura na África do período colonial têm “sérios problemas de credibilidade”.

Por causa das discrepâncias, os especialistas dizem que a temperatura mais alta já registrada “com segurança” na Terra é de 54°C, em 2013, no mesmo Death Valley. 

Anúncios