Anúncios

Diversos rios do Centro e do Oeste do Estado enfrentam cheias após a chuva extrema desta semana. O Jaguari traz inundações para o município. O Vacacaí alaga áreas em São Gabriel. O Quaraí superou a cota de inundação entre Quaraí e Artigas. O rio Santa Maria sobe muito também em Rosário do Sul e Dom Pedrito.

São Gabriel

São Gabriel

São Gabriel

O Uruguai se eleva entre Itaqui e Uruguaiana. Mas a maior cheia é a do Ibirapuitã que provoca grande enchente em Alegrete. Os acumulados de chuva desde o começo da semana até o começo da noite de ontem eram de 562,2 mm em Uruguaiana e 458,8 mm em Alegrete. A maior parte deste volume ocorreu anteontem. Só nas 24h da quarta-feira caíram 329,9 mm em Uruguaiana e 220 mm em Alegrete, volumes equivalentes a dois a três meses de chuva em apenas um dia.


Alegrete

Alegrete

Alegrete

O que preocupa, e a MetSul vem alertando reiteradamente, é que a chuva vai seguir no Oeste gaúcho nos próximos dias,  Hoje, instabilidade deve ser mais fraca, entretanto precipitações de maior intensidade e volume são esperadas em alguns momentos durante o fim de semana.


Alegrete / Rádio Minuano FM

Se não bastasse, os dados indicam que vários dias da próxima semana devem ter chuva na região e que em alguns momentos será forte e com elevados volumes. Esse, seguramente, será o janeiro mais chuvoso da história do Oeste do Rio Grande do Sul com recordes históricos sendo amplamente batidos.

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

 

Anúncios