Enchentes deixam cerca de 1500 pessoas fora de casa no Uruguai | REDES SOCIAIS

Inundações e enchentes tiram pessoas de suas casas em sete departamentos uruguaios como consequência dos volumes extremos de chuva no país, que castigaram mais locais do Centro para o Sudoeste e o Sul do país. A chuva forte se concentra agora no Norte uruguaio, onde vai seguir chovendo muito nos próximos dias.

De acordo com o Sistema Nacional de Emergências (SINAE), a persistência das chuvas em diferentes pontos do território uruguaio provocou o transbordamento de alguns cursos de água e deixa pessoas fora de casa em sete departamentos.

Conforme o último levantamento, 1.434 pessoas tiveram que deixar as suas residências. No final da tarde, o SINAE contabilizava 522 desabrigados e 912 desalojados em todo o país. Do total, 17 estavam em Canelones, 638 em Colonia, 204 em Florida, 223 em Paysandú, 7 em Río Negro, 307 em San José e 38 em Soriano.

O diretor nacional de emergências Santiago Caramés viajou ao departamento de San José e participou da sessão do Comitê Departamental de Emergência (CDE), onde se reuniu com a prefeita Ana María Bentaberri. Em seguida, visitou dois abrigos para a população flagelada.

Balanço do Instituto Uruguaio de Meteorologia (Inumet) indicou que entre às 7h do dia 10/3 e às 7h desta sexta, os maiores acumulados de chuva no Uruguai se deram em Flores, San José e Colônia, com marcas de precipitação acima de 300 mm em apenas cinco dias em algumas cidades.

O balanço indicou 346 mm em Punta de Sauce (Flores), 333 mm em Bocas de Cufré (San José), 323 mm em Manuel Artigas Abrigo (San José), 311 mm em Ecilda Paullier (San José), 310 mm em Colonia Miguelete (Colonia), 302 mm em Ismael Cortinas (Flores), 292 mm em Cufré (Colonia), 288 mm em Nueva Palmira (Colonia), 281 mm em Sarandí Grande (Florida), e 276 mm em Florencio Sánchez (Colonia).

SINAE

Em novo aviso à população, o Inumet alertou que continua a formação de “tempestades muito fortes (por vezes severas) acompanhadas de chuvas abundantes e intensas”. De acordo com o avisto, até segunda-feira são previstos fenômenos mais intensos na zona centro, Norte e parte da zona Leste do Uruguai. Na terça, condições instáveis ​​afetarão todo o território do Uruguai.

O boletim do Inumet ressalta que nas regiões mais afetadas por tempestades e chuvas, os valores de precipitação previstos rondarão os 100 mm a 200 mm, com valores ocasionalmente mais elevados. “Em áreas tempestuosas, podem ser registradas rajadas de vento forte e muito forte, granizo e atividade elétrica”, assinalou.

A MetSul Meteorologia está nos canais do WhatsApp. Inscreva-se aqui para ter acesso ao canal no aplicativo de mensagens e receber as previsões, alertas e informações sobre o que de mais importante ocorre no tempo e clima do Brasil e no mundo, com dados e informações exclusivos do nosso time de meteorologistas.