Anúncios

Enchentes. Inundações. Rios fora do leito. Deslizamentos de terra. Queda de barreiras. Bloqueio de estradas. Dezenas de milhares de pessoas afetadas. Este é o saldo da chuva extrema que atingiu Santa Catarina e o Paraná no fim de semana, confirmando os alertas emitidos pela MetSul Meteorologia. Os volumes de chuva nos dois estados foram espantosos. As áreas mais castigadas no território catarinense foram as de Blumenau, Joinville e Jaraguá do Sul, onde em alguns pontos a chuva ficou entre 300 mm e 350 mm. O pior, contudo, se deu no Paraná. Dados do Instituto Simepar mostram que a precipitação na região de Guarapuava (foto abaixo de divulgação do governo do Paraná) foi impressionante com mais de 420 mm só entre sexta-feira e ontem, o que para se ter ideia equivale a quase um terço da média de chuva do ano todo em Porto Alegre. Muitas cidades paranaenses tiveram de 200 a 350 mm com volumes diários em algumas de 150 mm a 200 mm. As autoridades da Defesa Civil confirmaram até o momento nove mortes e mais de 50 mil pessoas afetadas pela chuva em todo o Paraná.



O volume de água nas Cataratas do Iguaçu, em Foz, ficou quase dez vezes acima do normal ontem e deve aumentar ainda mais entre hoje e amanhã. Conforme o monitoramento do Rio Iguaçu feito pela Copel, em 12 horas a vazão subiu de 4,1 milhões para 14,4 milhões de litros de água por segundo. Por segurança, a direção do Parque Nacional do Iguaçu decidiu interditar a passarela que leva aos principais saltos por volta das 15h, quando a vazão já havia passado dos 12 milhões de l/s. O passeio de barco pelo rio abaixo das quedas também necessitou ser suspenso (foto abaixo da Cataratas do Iguaçu S/A).



Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

A excelente notícia é que a massa de ar seco e frio que avança pelo Sul do Brasil garante a melhora do tempo e o retorno do sol hoje para as áreas mais atingidas pela chuva no Sul do Brasil. As regiões afetadas em Santa Catarina e no Paraá podem voltar a ter chuva entre sexta-feira e o sábado e que pode ser até forte em alguns pontos, mas sem volumes tão extremos.

Anúncios