Anúncios

O engenheiro agrônomo Maurício Loreto registrou no dia 30 de março um redemoinho de vento em Cachoeira do Sul (foto). A aparência do fenômeno, também conhecido como dust devil, já fez muita gente chamá-lo de tornado. Mas tornados não ocorrem com céu azul e sem nuvens. Nada mais é do que um redemoinho, muito comum em áreas com tempo muito seco. A umidade do ar esteve muito baixa no Estado na virada do mês. Em Santa Rosa, por exemplo, chegou a 8%. Estes dust devils se caracterizam por ventos de rotação muito rápida que se tornam visíveis por areia. A grande maioria deles não provoca danos, mas a MetSul tem o histórico de ao menos dois casos com danos aqui no Rio Grande do Sul (leia mais).


Anúncios