O amanhecer desta sexta-feira teve a presença de arco-íris que foi observado a partir de pontos de Porto Alegre e outras cidades da região metropolitana em começo de manhã marcado pela instabilidade no Rio Grande do Sul com chuva em grande número de cidades gaúchas.

Arco-íris visto de Canoas no amanhecer desta sexta | SANDRO MULLER

O arco-íris na Grande Porto Alegre se deu pela coincidência da presença do sol com raios solares com menor ângulo de inclinação com a ocorrência de chuva que começa a cair na área metropolitana no horário. Na sequência, o céu passou a encoberto com chuva leve.

O arco-íris é um fenômeno óptico e meteorológico que separa a luz do sol em seu espectro (aproximadamente) contínuo quando o sol brilha sobre gotículas de água suspensas no ar. É um arco multicolorido com o vermelho em seu exterior e o violeta em seu interior.

Uma vez que é um espectro de dispersão da luz branca, o arco-íris contém uma quantidade infinita de cores sem qualquer delimitação entre elas Ante a necessidade humana de classificação dos fenômenos da natureza, a capacidade finita de distinção de cores pela visão humana e por questões didáticas, o arco-íris é mais conhecido por uma simplificação criada culturalmente que resume o espectro em sete cores na seguinte ordem: vermelho, laranja, amarelo, verde, azul, anil (ou índigo) e violeta.

Tal simplificação foi proposta primeiramente por Isaac Newton que decidiu nomear apenas cinco cores e depois adicionou mais duas apenas para fazer analogia com as sete notas musicais, os sete dias da semana e os sete objetos do sistema solar conhecidos à época.

A MetSul Meteorologia está nos canais do WhatsApp. Inscreva-se aqui para ter acesso ao canal no aplicativo de mensagens e receber as previsões, alertas e informações sobre o que de mais importante ocorre no tempo e clima do Brasil e no mundo, com dados e informações exclusivos do nosso time de meteorologistas.