Anúncios

Técnicos atenderam a ocorrência do leão marinho na Lagoa dos Patos | PATRAM/Divulgação

Foi o acontecimento do sábado em São Lourenço do Sul. Um leão marinho em plena Lagoa dos Patos. Só que a saga do animal não acabou e prosseguiu neste domingo. 

Na manhã do sábado, uma equipe do CRAM-FURG atendeu a ocorrência do leão-marinho-do-sul (Otária flavescens) no município do Sul gaúcho. Os técnicos tiveram o apoio da Polícia Ambiental (PATRAM) da Brigada Militar. 


.Conforme os técnicos do centro marinho da universidade federal de Rio Grande, trata-se de “um indivíduo adulto, ativo e com bom escore corporal.

O animal que estava descansando voltou para água no meio da tarde do sábado. Só que neste domingo os técnicos foram informados que o leão marinho retornou a uma praia do município de São Lourenço do Sul.

“Estamos em contato com os órgãos responsáveis de São Lourenço do Sul, para juntos buscarmos ações e medidas para garantir o bem estar”, informou o centro em comunicado. 

Segundo o CRAM-FURG, não é comum o registro desta espécie em São Lourenço do Sul, no entanto não é anormal esses animais adentrarem o estuário.


O CRAM lembra que ao encontrar um animal marinho na praia o correto é entrar em contato com o órgão responsável da região, não se aproximar e manter animais domésticos afastados. 

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

O órgão destaca ainda ser errado oferecer qualquer tipo de alimento e nem água. Observar e tirar fotografias somente de longe, enfatiza o CRAM.

Anúncios