Anúncios

Chuva em Porto Alegre já está perto da metade da média histórica do mês ainda no quarto dia de abril | LUCIANO LANES/PMPA

Abril está recém no começo e em algumas cidades do Rio Grande do Sul os acumulados de chuva já se aproximam da média do mês todo com as precipitações registradas durante o fim de semana e hoje. Algumas cidades superam os 100 mm e diversos municípios registraram de 50 mm a 100 mm neste começo da semana com a instabilidade.

De acordo com dados de estações automáticas do Instituto Nacional de Meteorologia, os mais altos volumes até o fim da tarde de hoje se davam em Santa Maria com 115 mm e em São Luiz Gonzaga com 111 mm. Os dados indicavam ainda 97 mm em Passo Fundo, 94 mm em São Gabriel e 93 mm em Santo Augusto.


Outras estações do Inmet registraram até o fim da tarde desta segunda 86 mm em São Vicente do Sul, 79 mm em Vacaria e Tupanciretã, 78 mm em Palmeiras das Missões, 77 mm em Frederico Westphalen, 75 mm em Cruz Alta, 73 mm em Soledade e em Alegrete, 71 mm em Ibirubá e em Serafina Correa, 63 mm em Quaraí, 61 mm em Bento Gonçalves, 60 mm em Caçapava do Sul, 58 mm em Cambará do Sul, 56 mm em Encruzilhada do Sul, e 51 mm em Campo Bom.

Em Porto Alegre, a estação do Instituto Nacional de Meteorologia anotou 48 mm no bairro Jardim Botânico. Outras duas cidades tiveram quase 50 mm: Livramento com 49 mm e Teutônia com 47 mm. Mais ao Sul gaúcho choveu muito menos que nas demais regiões gaúchas, o que era projetado pelos modelos numéricos, com marcas abaixo de 20 mm em várias localidades.


Tem quase um mês inteiro ainda pela frente com novos episódios de chuva, o que levará a maioria das regiões gaúchas a terminar abril com precipitação acima da média histórica. É muito possível que algumas cidades, especialmente do Centro para o Norte do Rio Grande do Sul, terminem o mês com chuva perto ou acima de 200 mm.

Previsão do tempo para amanhã

A terça-feira, ao menos em parte do dia, ainda deve ter muitas nuvens em várias regiões. O sol até aparece com nuvens em parte do Estado, entretanto o tempo não fica aberto na maioria dos municípios.

A tendência é de céu nublado a encoberto durante muitas horas em grande número de cidades. Espera-se ainda garoa em alguns pontos e novas áreas de instabilidade trazem chuva na Fronteira Oeste, no Noroeste e no Norte gaúcho até o fim do dia. No Sul e parte do Oeste, com avanço de ar mais seco, esta terça-feira tem maior presença do sol.

Tempo no restante da semana

Na quarta-feira, nebulosidade variável com sol, nuvens e períodos de céu nublado a encoberto no decorrer do dia. O tempo fica mais aberto no Sul e em parte do Leste gaúcho. Permanece a possibilidade de chuva em municípios da Fronteira Oeste, do Noroeste e do Norte do Estado. Em Porto Alegre, o dia tem sol e nuvens, mas não se descarta momentos de maior cobertura de nebulosidade.

A instabilidade aumenta na quinta-feira sobre o Rio Grande do Sul e chove em diversas regiões no decorrer do dia. Outra vez, áreas mais ao Sul do Estado devem escapar da instabilidade. A chuva se concentra principalmente no Oeste, no Centro gaúcho e na Metade Norte. Algumas cidades podem até começar o dia com sol e nuvens, mas a nebulosidade aumenta e o tempo deve se instabilizar com chuva no decorrer do período. Há risco de chuva forte e volumosa em cidades do Noroeste e do Norte gaúcho.

O tempo ainda não firma no estado gaúcho na sexta-feira. Embora o tempo melhore durante o dia com o retorno do sol em diversas áreas, notadamente das Metades Oeste e Sul, parte do Rio Grande do Sul ainda terá chuva e garoa. A instabilidade deve se concentrar no Nordeste do território gaúcho, em regiões como a Grande Porto Alegre, a Serra e o Litoral Norte. Mesmo assim, várias cidades nestas regiões podem começar o dia com chuva e no decorrer do período apresentarem melhoria.

Anúncios