Os primeiros dez dias de janeiro, historicamente, costumam ter algumas jornadas de intenso calor com máximas de 35ºC a 40ºC no Rio Grande do Sul. Não em 2013 ! O começo de janeiro neste ano é atípico com temperatura abaixo da média aqui no Estado como de resto no Sul do Brasil. As anomalias negativas são observadas tanto nos registros das mínimas como das máximas na região, não só pelo ingresso de ar mais frio na primeira semana de 2013 como pelo registro de muita chuva. Tanto que muitas cidades atingiram ou superaram a média histórica de precipitação ainda na primeira semana de janeiro.


O intervalo de temperatura menor de agora ocorre na sequência de longo período de temperatura muito acima da média, principalmente em novembro e na maior parte do mês de dezembro, culminando com o Natal mais quente até hoje registrado no Estado. Logo após o Natal houve o primeiro pulso de ar frio, mas fez calorão no último dia do ano. Desde então, contudo, predominam dias de temperatura abaixo da média. É o que mostra o gráfico de anomalias de temperatura de Santa Maria.



A maior marca neste mês até agora em Campo Bom, que com frequência tem as máximas do Estado, foi 34,5ºC no dia 4. Ontem fez 32ºC na cidade do Vale do Sinos e hoje a máxima deve ser menor. Com isso, 2013 será apenas o quinto ano desde o início das medições em Campo Bom em 1985 sem máxima acima de 35ºC nos primeiros 10 dias de janeiro, o que somente ocorreu antes em 1987, 1992, 1994 e 2002. Em 1987, a primeira máxima acima de 35ºC só se deu em 28 de janeiro com 36,2ºC. Foi um mês chuvoso com 206,5 mm. Em 1992, a temperatura bateu 35ºC no dia 20 com 36,3ºC. Em 1994, no dia 23, quando a máxima foi de 35,4ºC. E, em 2002, em 20 de janeiro, que teve 37,5ºC. Interessante que a maioria destes anos teve marcas baixas para janeiro em algum momento na cidade com mínimas de 12,2ºC (1992), 12,3ºC (1994) e 12,8ºC (2002), sinal que atuaram massas de ar seco e frio no período.