Anúncios

A chuva segue castigando Santa Catarina com volumes localmente muito elevados e transtornos para a população. 

O tempo no Leste de Santa Catarina tem se mantido chuvoso nos últimos dias, causando alagamentos, desmoronamentos e diversos transtornos, como, por exemplo, interdições de pista em Balneário Camboriú, deslizamentos de terra em área de encosta no bairro Rio Pequeno em Camboriú, além da suspensão das aulas nas escolas do interior do município. 


Chuva intensa alagou Camboriú

Em Joinville uma ponte foi interditada devido ao alto nível do Rio Cubatão, e houve um deslizamento de terra que atingiu uma residência.

São José enfrentou chuva muito volumosa com transtornos

Esta condição extrema de tempo tem ocorrido devido ao transporte de ar úmido do oceano para a costa de forma perpendicular. Esse ar úmido é naturalmente forçado a subir verticalmente devido à orografia (barreira do relevo) da região. Desta vez este o efeito foi potencializado devido à presença de um sistema denominado de “cavado” (região prolongada de baixa pressão) nos níveis mais altos da atmosfera.

O cavado favoreceu a formação de núcleos de chuva tanto estratiforme quanto convectiva, ou seja, aquela chuva de menor intensidade mas que perdura por mais tempo e a chuva com forte intensidade, porém de menor duração, respectivamente.

Segundo dados de pluviômetros automáticos disponibilizados pelo Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (CEMADEN), os acumulados de chuva das últimas 96 horas nas áreas mais atingidas foram de 210 mm em Araquari, 277 mm em Garuva, 224 mm em Guaramirim, 256 mm em Jaraguá do Sul, 139 mm em Penha, 155 mm em Ilhota, 147 mm em Itajaí, 174 mm em Camboriú,  194 mm em Itapema, 209 em Tijucas, 175 mm em Governador Celso Ramos, 139 mm em Biguaçu, 164 mm em São José, 210 mm em Palhoça e 195 mm em Florianópolis.

O registrado nestas últimas 96h ultrapassou a normal climatológica para todo o mês de fevereiro na região, que é entre 200 e 250 mm. Ainda, aproximadamente metade do ocorrido foi acumulado nas últimas 24 horas.


A Metsul alerta que a tendência para os próximos dias é favorável à persistência do quadro chuvoso, o que pode agravar ainda mais a situação nestas localidades com temporais de chuva intensa principalmente da tarde para a noite.

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

 

Anúncios