Anúncios

Chuva chega em Porto Alegre na quinta-feira e sol aparece com nuvens nesta quarta com uma tarde agradável | Alina Souza/Arquivo

Chuva retorna para parte do Rio Grande do Sul nesta quarta-feira com o começo da formação de uma frente quente entre o território gaúcho e o Uruguai. Não será um quadro de instabilidade generalizada e a instabilidade deve afetar apenas algumas regiões do Estado.

Por que importa? Frentes quentes habitualmente trazem chuva volumosa e temporais de vento e granizo. A instabilidade mais forte, contudo, deve se concentrar sobre o Uruguai com registros de precipitação de 50 mm a 100 mm em muitas áreas e acumulados de 100 mm a 150 mm em alguns pontos. No Rio Grande do Sul, os maiores volumes devem se dar no Extremo Sul gaúcho, na região de fronteira com o Uruguai.


O cenário geral. O mesmo ar quente que favorecerá chuva em parte do Rio Grande do Sul da mesma forma impedirá que o tempo fique fechado e cinzentos em muitas regiões como se viu nesta terça e nos últimos dias. Com isso, o sol vai aparecer com nuvens em muitos locais com temperatura mais alta.

A previsão para esta quartafeira. O sol aparece com nuvens no Rio Grande do Sul nesta quarta-feira, mas com períodos de maior nebulosidade em parte do Estado. O ingresso de ar quente a partir do Norte da Argentina começa a instabilizar a atmosfera e ocorre chuva inicialmente em pontos do Oeste e do Centro gaúcho e que depois chegam ao Sul. O dia começa com alta chance de nevoeiro e neblina em diferentes pontos da geografia gaúcha, que depois dá lugar ao sol.

Para se ter em mente:

– O amanhecer é frio nesta quarta, mas a temperatura durante a tarde será alta para esta época do ano com máximas acima de 20ºC na maioria dos municípios. Porto Alegre pode ter 22ºC e o Noroeste gaúcho pode registrar 25ºC.

– Como é uma frente quente e que vai estar sobre o Uruguai, a instabilidade na segunda metade do dia será maior no Sul gaúcho, especialmente no período da noite.

Quando haverá chuva mais generalizada?

A frente quente vai se converte em frente fria quando deixar de ser impulsionada por ar quente de Norte e passar a avançar para Norte a partir do Uruguai, deslocada agora por uma massa de ar frio. Com isso, a frente avançará pelo Rio Grande do Sul na quinta com chuva na maioria das regiões, mas que não deve ser volumosa na maior parte das cidades gaúchas, uma vez que o sistema frontal deve perder atividade ao atravessar o Estado.


Última chuva da semana?

Não! O ingresso de uma forte massa de ar polar no fim de semana deve ativar instabilidade sobre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina no sábado, trazendo chuva desta vez com maiores volumes na Metade Norte gaúcha. A queda da temperatura com o ar polar será mais acentuada entre domingo e segunda-feira.

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

Anúncios