Anúncios

Algumas cidades do Rio Grande do Sul, concentradas na região dos Campos de Cima da Serra, Nordeste gaúcho, já ficaram próximas de atingir a média de chuva do mês todo apenas na primeira semana de junho. Em Bom Jesus, os acumulados de precipitação na estação convencional do Instituto Nacional de Meteorologia até às 9h do sábado foram de 112,4 mm. A média de chuva histórica (série 1961-1990) de junho na localidade dos Aparados é de 131,2 mm. A maior parte deste volume alto até agora no mês foi anotado durante a quinta-feira (5) que teve chuva intensa. Com isso, as quedas d’água nos cânions do Parque Nacional dos Aparados da Serra (fotos abaixo de Liane Castilhos/PNAS) tiveram enorme vazão no final da semana.




A tendência para a MetSul Meteorologia é que a Metade Norte do Rio Grande do Sul tenha neste junho mais um mês com chuva acima da média histórica, assim como já foi maio. Novos episódios de precipitação, até significativos, no restante deste mês devem fazer com que a região finalize junhi com volumes muito altos em diversas localidades. Já na Metade Sul, onde tem chovido bem menos agora no outono, as precipitações tendem a seguir mais irregulares no curto e médio prazos.

Anúncios