Anúncios

Porto Alegre terá períodos de chuva até o final da semana | Alex Rocha/PMPA

A chuva retornou ao Rio Grande do Sul e vai atingir mais regiões. Ontem, a chuva afetou mais municípios da Metade Oeste do Estado. Hoje, até o fim do dia, vai alcançar maior número de pontos no território gaúcho.

Com efeito, os volumes em 24 horas até o meio-dia desta quinta-feira na rede de estações do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) mostram que a chuva se concentrou mais no Oeste até agora. Os registros foram de 81 mm em Santiago, 24 mm em São Vicente do Sul, 23 mm em São Luiz Gonzaga, 21 mm em Tupanciretã, 19 mm em Alegrete, 15 mm em Santa Rosa, 11 mm em São Gabriel e 7 mm em São Borja.

Os volumes tendem a aumentar e a chuva deve chegar em locais sem registro ainda de precipitação. Nesse sentido, áreas de instabilidade que agora atuam no Centro, no Sul e no Noroeste do Estado devem avançar para Leste da tarde para a noite desta quinta. Portanto, não se pode descartar chuva até o fim do dia em Porto Alegre e na região metropolitana. No fim desta quinta, a tendência é de formação de mais nuvens carregadas no Oeste gaúcho com pancadas localmente fortes e risco de temporais isolados.

Amanhã, sexta, novas áreas de instabilidade avançam de Oeste para Leste e trazem mais nuvens e chuva no decorrer do dia para a maioria das regiões do Estado. A probabilidade de chover na Capital e na Grande Porto Alegre será maior do que hoje. A chuva, isoladamente, poderá ser moderada a forte com baixo risco de temporais. No sábado, a tendência é que grande parte do Rio Grande do Sul já fique sem precipitações, entretanto no Nordeste gaúcho ainda deve chover. Logo, regiões como a Grande Porto Alegre, a Serra e o Litoral Norte ainda podem ter períodos chuvosos no sábado.

As mais recentes projeções dos modelos mudaram o cenário dos locais com os maiores índices de chuva. Antes, os maiores acumulados se dariam no Oeste, no Centro e no Sul gaúcho até as rodadas das madrugadas de ontem. Hoje, os modelos indicam mais chuva no Oeste, no Centro e parte da Metade Norte com redução no Sul. O mapa, disponível ao assinante com duas atualizações diárias, mostra a projeção total em milímetros até 21h de sábado do modelo WRF da MetSul.

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

A perspectiva é que as precipitações avancem também para Santa Catarina, Paraná e São Paulo no final desta semana, sobretudo no sábado, mas a sua distribuição será irregular. Pontos mais a Leste dos territórios catarinenses e paranaense terão maior chance de chuva.

Anúncios