Anúncios

K. MULLIKEN/US GEOLOGICAL SURVEY/AFP/METSUL METEOROLOGIA

O maior vulcão do mundo, que deu um grande espetáculo durante semanas em sua primeira erupção em quase quatro décadas, se acalmou, informaram cientistas no Havaí. No auge da erupção, o Mauna Loa lançou jatos de lava a 60 metros de altitude, criou rios de rocha derretida em suas faces, um verdadeiro espetáculo para vulcanólogos e turistas que se aventuraram de helicóptero.

As enormes fissuras deixadas no solo pelo vulcão, que ocupa a maior parte da Ilha Grande, no Havaí, liberaram toneladas de gás e vidro vulcânico, conhecido como cabelo de Pele. Mas nesta terça, especialistas do Serviço Geológico dos Estados Unidos disseram que o espetáculo terminou.


“O Mauna Loa não está mais em erupção”, informou o serviço em nota. “O tremor vulcânico e os terremotos associados à erupção diminuíram consideravelmente”. Mas tais são o volume e as altas temperaturas da rocha viscosa que os pontos quentes ficarão visíveis durante semanas.

“Os pontos de incandescência podem permanecer perto do respirador, ao longo dos canais e na frente do fluxo durante dias ou semanas, à medida que os fluxos de lava esfriarem”, destacaram os cientistas. “No entanto, não se espera que a atividade eruptiva retorne”.


O vulcão Mauna Loa

Mauna Loa, que cobre metade da ilha do Havaí, entrou em erupção 33 vezes desde 1843, a primeira “erupção histórica bem documentada” do vulcão, de acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos. O vulcão entrou em erupção pela última vez em 1984, tornando o período de calma mais prolongado da história registrada do vulcão.

A cratera do cume de Mauna Loa fica a cerca de 34 quilômetros a Oeste de Kilauea, um vulcão menor cuja erupção ao longo de meses em 2018 expeliu lava no bairro de Leilani Estates, destruindo mais de 700 casas e desalojando moradores. A sua atividade sísmica aumentou de cinco para dez terremotos por dia desde junho de 2022 para cerca de 10 a 20 terremotos por dia em julho e agosto, de acordo com o USGS.

Mauna Loa é um dos cinco vulcões que juntos compõem a Grande Ilha do Havaí, que é a ilha mais ao Sul do arquipélago havaiano. Mauna Loa, com pico de 4.169 metros acima do nível do mar, é o vizinho muito maior do vulcão Kilauea. A sua lava pode fluir muito mais rápido.

Durante uma erupção de 1950, a lava da montanha viajou 24 quilômetros até o oceano em menos de três horas. Na erupção mais recente, em 1984, que durou 22 dias e produziu fluxos de lava, o magma chegou a apenas sete quilômetros de Hilo, cidade onde atualmente moram cerca de 44.000 pessoas.

Anúncios