Anúncios

O verão europeu segue produzindo extremos e recordes históricos. O fim de semana na península ibérica foi marcado por temperatura absurdamente elevada. Mais de 60% das estações de Portugal tiveram mais de 40ºC. A máxima no país foi de 46,8ºC em Alvega. Lisboa (foto) teve 44ºC em uma de suas estações meteorológicas, batendo o recorde de 41,8ºC de 2003. O calor extremo colaborou para uma série de incêndios florestais.



Na Espanha, as máximas da onda de calor chegaram a 46,6ºC em Huelva, 46ºC em Badajoz, 45,6ºC em Córdoba, 45ºC em Cáceres e 44,8ºC em Sevilha. A mínima no aeroporto de Barcelona foi de 27,3ºC, mais alta desde o começo dos registros em 1923. O calor irá perder força na península ibérica neste começo de semana, mas a temperatura seguirá muito acima da média na Europa.

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

 

Anúncios