Digital de rua marcava 34ºC nesta tarde na cidade de São Paulo, mas a máxima oficial no Mirante de Santana foi de 32,3ºC. O Brasil enfrenta onda de calor em pleno inverno com marcas excepcionalmente altas para agosto. | NELSON ALMEIDA/AFP/METSUL METEOROLOGIA

O estado de São Paulo teve uma quarta-feira escaldante com marcas em muitas cidades que nem no verão são registradas pela maior umidade e os temporais que dificultam extremos de temperatura alta nos meses de dezembro a março. As máximas ficaram muitíssimo acima do que é normal para esta época do ano.

Grande parte dos municípios do Oeste, do Centro e do Norte paulista anotaram máximas que passaram dos 35ºC. Conforme a rede do Instituto Nacional de Meteorologia, os termômetros marcaram 37,7ºC em Valparaíso, 37,4ºC em José Bonifácio, 37,3ºC em Dracena e Lins, 37,2ºC em Rancharia, 36,4ºC em Tupã, 36,3ºC em Presidente Prudente.

Nenhuma região do estado, contudo, teve tanto calor como o litoral. Estações meteorológicas indicaram na tarde desta quarta-feira máximas de 37,1ºC em Iguape e 38,4ºC em Bertioga. É provável que em pontos da costa as máximas tenham sido ainda mais elevadas.


Por que tanto calor nas praias? Uma corrente de jato (vento) em baixos níveis da atmosfera, a cerca de 1.000 a 1.500 metros de altitude, atua em São Paulo. O forte vento de Noroeste associado à corrente de jato, que avança sobre a Serra, ao descer a encosta dos morros da Serra do Mar se comprime e superaquece com temperatura altíssima na planície junto à costa e nos vales.

Na cidade de São Paulo, na estação do Mirante de Santana, na zona Norte, a máxima da tarde chegou a 32,3ºC. O valor ficou abaixo do recorde histórico de 33,1ºC, mas não se pode afastar seja quebrado nesta quinta, embora o modelo europeu indique máxima cerca de 1ºC menor do que hoje.

No interior, o calor segue implacável nesta quinta. As máximas serão parecidas com as de hoje e até se elevam um pouco em várias cidades. Novamente, as máximas devem ficar entre 35ºC e 38ºC no Oeste, no Centro, Norte e no Noroeste paulista.


No litoral, o calor alivia na região de Iguape, mas segue extremamente quente na Baixada Santista e no Litoral Norte. O Litoral Norte, aliás, deve ser a área mais quente com máximas que devem ficar entre 38ºC e 39ºC, podendo atingir até 40ºC ou mais em alguns pontos da costa.

Na sexta-feira, a temperatura estará menor no Sul e no Leste paulista com tempo muito mais agradável e marcas abaixo de 30ºC, mas o interior de São Paulo seguirá tórrido com máximas acima de 35ºC em quase todo o Centro, o Oeste, o Noroeste e o Norte do estado. Marcas de 39ºC a 40ºC não são descartadas em algumas cidades.