Anúncios

Três pessoas morreram depois de serem arrastadas durante uma cabeça d´água na tarde de ontem (2) entre São José da Barra e Capitólio, em Minas Gerais.  Outras seis pessoas ficaram ilhadas no local. Ao todo 13 pessoas foram resgatadas ilesas ou com ferimentos.


Segundo o Corpo de Bombeiros, as três pessoas foram arrastadas pelas águas.Duas morreram ao cair no poço dos Cânions, sendo que uma estava submersa e outra na superfície. A terceira vítima também foi encontrada submersa. O local onde aconteceu a cabeça d’água foi em um complexo de cachoeiras, conhecida como Cascatinha, próximo aos Cânions.

O que é uma cabeça d’água?

Trata-se de um tipo de inundação relâmpago ou repentina, o que em Inglês é denominado de flash flood. No caso de cursos d’água há um súbito e muito rápido aumento do nível de um rio, lago ou cachoeira devido a chuvas em trechos anteriores ou mais altos do percurso. É uma situação muito perigosa e traiçoeira porque as pessoas podem estar em um local com sol, sem imaginar que um grande volume de água está vindo em sua direção por conta de uma tempestade com chuva muito volumosa próxima e que despejou grande quantidade de água no curso d’água. 

Tragédia típica do verão 

Todos os anos, nesta época de verão, surgem notícias de episódios de cabeça d’água com vítimas. São comuns períodos curtos de chuva torrencial com grandes acumulados de chuva que na cidade provocam alagamentos, em áreas serranas  deslizamentos e no interior e nas cidades elevam de forma muito abrupta o nível de arroios e rios. 

Como os rios correm de partes altas para os vales o fenômeno cabeça d´água não chega a ser uma surpresa. Com o calor de verão, as pessoas buscam se refrescar em cachoeiras e belas paisagens nesta época do ano, porém é um risco em dias com potencial de chuva forte. 


Foi o que aconteceu neste sábado no Sul de  Minas Gerais, entre São José da Barra e Capitólio, uma verdadeira tragédia.

A região Sul de Minas vem sendo afetada por pancadas de chuva e temporais isolados nas últimas semanas, o que é uma situação típica de verão. A chuva é irregular na distribuição com grande variabilidade local de volumes, mas com grandes acumulados em alguns pontos. 

Anúncios