Anúncios

Massa de ar muito quente, bastante úmida e extremamente instável cobre o Rio Grande do Sul ao longo desta semana. Chuva e temporais serão freqüentes, apesar de períodos de sol com intenso abafamento e calor. Modelos numéricos que vinham indicando calor com intensidade semelhante ao da semana passada alteraram a tendência à medida que passaram a projetar maior instabilidade, mas mantém-se a perspectiva de uma semana de alta temperatura.

Pancadas localmente fortes a torrenciais com elevados acumulados em curto período, que trazem alagamentos e inundações repentinas, são prováveis em todos os dias desta semana no Estado, mas não de forma generalizada. Serão eventos de caráter isolado. Mesmo assim, o Sul (Campanha) e principalmente o Oeste gaúcho vão ter volumes altíssimos de chuva.


Uruguaiana  já teve 40 mm ontem e só entre hoje e amanhã diferentes pontos do Oeste do Estado podem ter marcas de 100 mm a 150 mm de chuva. Vários modelos numéricos sinalizam para o Norte do Uruguai e a região que compreende Uruguaiana, Barra do Quaraí, Quaraí e Itaqui, no Oeste, volumes de 200 a 400 mm nos próximos dez dias, tendo algumas simulações indicado até 500 mm para estas áreas, logo volumes absurdamente elevados capazes de gerar enchentes e cheias de rios.


Como estará muito quente a atmosfera, as condições estarão muito favoráveis para temporais localizados de vento (vendavais) e granizo ao longo da semana, alguns fortes e com potencial de danos e transtornos. (Com foto de capa de Mauricio Frare) 

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

Anúncios