Anúncios

O fim de tarde desta segunda-feira encantou muita gente que olhou para o céu em Porto Alegre e diversas outras cidades da região metropolitana. Um arco-íris se formou em diversos pontos da Grande Porto Alegre com a combinação de chuva e sol após uma tarde que foi em grande parte chuvosa na área metropolitana, apesar dos baixos volumes registrados.

O arco-íris foi propiciado pela melhora do tempo a partir do Oeste que permitiu a incidência dos raios crepusculares do fim da tarde nas gotas de chuva que ainda caíam sobre a capital gaúcha e outras cidades da região.

A instabilidade durante a tarde se concentrou no Sul e no Leste do Rio Grande do Sul enquanto o tempo abria com o retorno do sol em grande parte do Centro para o Oeste do estado gaúcho.

Alguns pontos já tinham registrado a presença de arco-íris no amanhecer desta segunda-feira, quando a nebulosidade era variável com sol, nuvens e chuva, mas foi o do fim da tarde que chamou atenção por ter ocorrido em muito mais lugares e ter sido mais visível com o arco muito bem definido.

O que é o arco-íris?

O arco-íris é um fenômeno óptico e meteorológico que separa a luz do sol em seu espectro (aproximadamente) contínuo quando o sol brilha sobre gotículas de água suspensas no ar. É um arco multicolorido com o vermelho em seu exterior e o violeta em seu interior.


Uma vez que é um espectro de dispersão da luz branca, o arco-íris contém uma quantidade infinita de cores sem qualquer delimitação entre elas. Ante a necessidade humana de classificação dos fenômenos da natureza, a capacidade finita de distinção de cores pela visão humana e por questões didáticas, o arco-íris é mais conhecido por uma simplificação criada culturalmente que resume o espectro em sete cores na seguinte ordem: vermelho, laranja, amarelo, verde, azul, anil (ou índigo) e violeta.

Tal simplificação foi proposta primeiramente por Isaac Newton que decidiu nomear apenas cinco cores e depois adicionou mais duas apenas para fazer analogia com as sete notas musicais, os sete dias da semana e os sete objetos do sistema solar conhecidos à época.

Anúncios