Anúncios

O tempo já começou a mudar e a chuva que atinge áreas da Fronteira Oeste e do Noroeste do Rio Grande do Sul no começo da noite desta quinta-feira devem avançar para as demais áreas do estado gaúcho nas próximas horas, alcançando grande parte das localidades até a manhã desta sexta-feira.

Redemet/Decea

A imagem dos radares meteorológicos das 20h desta quinta mostrava chuva em diferentes pontos da Metade Oeste gaúcha, entretanto espera-se um rápido deslocamento das precipitações e intensificação da instabilidade ao longo da próximas seis a doze horas com temporais isolados.


Chove em todas as regiões nesta sexta-feira com um centro de baixa pressão e o avanço de frente fria. Da tarde para a noite o tempo começa a melhorar pelo Oeste, mas diversas regiões terminarão o dia ainda com chuva no estado gaúcho.

A MetSul alerta para chuva forte isolada e alto risco de temporais localizados, alguns fortes, com possibilidade de vendavais e granizo. O risco de tempo severo será maior na Metade Norte gaúcha, em particular no Noroeste e no Norte do Estado.

Uma preocupação é com o risco de vendavais com potencial de danos. Há ar quente sobre o Rio Grande do Sul, que elevou a temperatura em Campo Bom a 33ºC na tarde de hoje, e a pressão atmosférica está muito baixa, com valores perto de 1000 hPa. Este é um cenário favorável ao registro de episódios de vento forte, localmente fortes a severos e com potencial de danos.

Ar frio ingressa na retaguarda da frente fria nesta sexta com queda de temperatura. A chegada do ar frio pode se dar com ventania e algumas áreas podem ter fortes rajadas de vento. As máximas desta sexta ocorrem na maioria dos municípios no começo do dia enquanto as mínimas devem se dar à noite, no final do período, quando deva fazer até frio no Sul gaúcho com marcas ao redor de 12ºC a 13ºC na Campanha e na fronteira com o Uruguai.

Como a MetSul antecipou em alerta, as tempestades devem avançar para Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso do Sul, São Paulo e até áreas de Goiás e de Minas Gerais em uma onda de tempestades que afetará diversos estados. Os temporais podem ser muito fortes e isoladamente severos e com danos particularmente no Paraná, Sul do Mato Grosso do Sul e em São Paulo nesta sexta.

Reforçamos que os volumes de chuva podem ser altos com precipitações excessivas em curto período, capazes de gerar alagamentos e inundações repentinos, em diversas localidades. O Paraná, em especial, tem maior risco de chuva volumosa neste evento de tempo severo.


O mapa acima mostra a projeção de chuva do nosso modelo WRF para 72 horas entre 21h de quarta e 21h de sábado em que se observa acumulados acima de 100 mm em diversas áreas e marcas acima de 150 mm em alguns pontos, especialmente no Paraná. Este e outros modelos de precipitação podem ser acessados pelo assinante na seção de mapas com até quatro atualizações diárias.

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas


O tempo tende a melhorar no Rio Grande do Sul no fim de semana com a atuação de ar mais seco e frio, contudo parte do sábado ainda deve ter mais nuvens e instabilidade na Metade Leste gaúcha. O domingo será o dia de tempo mais aberto no fim de semana com começo frio e uma tarde agradável.

Anúncios