Anúncios

Volumes muito altos de chuva vão marcar a semana em Porto Alegre e em diversas regiões gaúchas com risco de transtornos. (Alex Rocha/PMPA)

A MetSul Meteorologia emite alerta meteorológico para um episódio de chuva excessiva e muito volumosa no Rio Grande do Sul que vai marcar a semana no Estado. 

Adverte-se para chuva acima a muito acima da média com potencial de volumes extremamente significativos de precipitação no território gaúcho no decorrer da semana com acumulados entra esta segunda (22) e a sexta (26) que devem superar a média histórica de precipitação do mês de julho em muitos municípios com marcas até 150% a 200% da média do mês em apenas cinco dias em algumas localidades. 


Projeção de chuva para os próximos sete dias do modelo americano GFS

Projeção de chuva para os próximos sete dias do modelo alemão Icon

A chuva entre esta segunda e a sexta-feira deve ser volumosa na maioria das regiões gaúchas, mas, particularmente, no Oeste, Centro e o Sul do Estado com acumulados que em muitos municípios devem exceder 100 mm e marcas que em algumas localidades podem se aproximar ou superar os 200 mm. Porto Alegre e região estão entre as áreas que podem ter muita chuva com volumes acumulados na semana facilmente acima dos 100 mm. 

Sob este cenário de chuva até perto ou acima de 200 mm em algumas cidades e volumes superiores a 100 mm em muitas, as condições serão muito favoráveis a alagamentos em áreas urbanas. Enfatiza-se ainda o risco de elevação rápida de rios e arroios do Oeste, Centro e Sul gaúcho com alto risco de cheia e inundações. Temporais isolados não podem ser descartados no momento inicial da instabilidade agora na segunda-feira. 

Projeção de chuva até 21h de terça do modelo WRF da MetSul

Uma frente fria vai ingressar no Rio Grande do Sul no começo desta semana, mas não conseguirá romper o bloqueio da grande massa de ar seco e quente cobrindo grande parte do Brasil. Com isso, o sistema ficará quase estacionário sobre o território gaúcho até sexta-feira, despejando um grande volume de chuva. Ao mesmo tempo, ar polar se acercará pelo Sul e o Norte da Argentina, reforçando a instabilidade e trazendo frio úmido com chuva para os gaúchos a partir da quarta-feira. 


Mais ao Norte gaúcho, em Santa Catarina e no Paraná os efeitos deste evento de instabilidade da semana serão menores a ponto de em varias cidades sequer chover com predomínio do sol e calor na semana. 

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

 

Anúncios