Anúncios

Chuva muito volumosa é prevista para a cidade de Salvador e que traz preocupação pelo histórico de deslizamentos de encostas na capital baiana | GOVERNO DA BAHIA/EBC/AGÊNCIA BRASIL/ARQUIVO

A MetSul Meteorologia alerta para um cenário de perigo por excesso de chuva no litoral do estado da Bahia, incluindo a capital Salvador, ao longo dos próximos dias. Os dados de modelos meteorológicos analisados pela MetSul apontam para uma condição muito favorável ao registro de chuva bastante volumosa.


A chuva volumosa será consequência do avanço de uma frente fria para o litoral da Bahia e que se desloca impulsionada por uma massa de ar frio que traz temperatura abaixo de zero e geada no Sul do Brasil. Uma área de baixa pressão ao qual está associada a frente vai se aprofundar no Atlântico a uma grande distância da costa, originando um ciclone extratropical, o que vai fazer com que o sistema frontal avance mais para o Norte.

Serão vários dias seguidos de chuva na cidade de Salvador e em outras cidades do Leste baiano, especialmente na faixa costeira. As precipitações começam neste sábado e vão perdurar ainda no domingo e durante grande parte da semana que vem.


Os maiores acumulados diários vão se dar neste fim de semana, na segunda e na terça-feira. Nestes dias, em vários momentos a chuva será moderada a forte com risco de precipitação por vezes torrencial com acumulados elevados em curto período.

A soma de vários dias seguidos de chuva e com acumulados diários altos vai resultar em um volume total de precipitação significativamente alto em Salvador e outras cidades do litoral da Bahia nos próximos cinco a sete dias.

Há modelos indicam volumes perto ou acima de 200 mm e alguns dados de maior resolução sinalizam marcas de 250 mm a 300 mm. Abril é um dos meses com maior média de chuva do ano em Salvador (Ondina) com média mensal de 285 mm (série 1991-2020).

Com os altos volumes de chuva que se antecipa, é alto o risco para a população, especialmente em comunidades vulneráveis que residem em áreas de risco. Há potencial para alagamentos e inundações, mas a maior preocupação com o excesso de chuva é a possibilidade de deslizamentos de terra em áreas de encostas.

Anúncios