Anúncios

A MetSul Meteorologia reitera o alerta para condições de forte instabilidade no Rio Grande do Sul ao longo desta sexta com chuva forte em diversas regiões e temporais com queda de granizo e vento forte. Frente fria induzirá as condições adversas do tempo que podem provocar transtornos em algumas cidades.

Fortes áreas de instabilidade se originaram no Oeste do Rio Grande do Sul entre duas e três da manhã, rapidamente crescendo e tomando conta do Estado no final da madrugada com pancadas de chuva localmente fortes a torrenciais e acompanhadas de muitos raios e fortes trovoadas. Às seis da manhã houve chuva forte com intensas trovoadas e granizo isolado em Porto Alegre e na região metropolitana, mas a imagem de satélite do horário mostrava as nuvens mais carregadas entre o Centro e o Sudoeste do território gaúcho.


No decorrer do dia, a instabilidade avança com chuva e temporais e alcança áreas também de Santa Catarina, do Paraná e até de parte do Mato Grosso do Sul e do estado de São Paulo, podendo provocar eventos de tempo severo localizados.

Os volumes de chuva devem ser altos em grande número de municípios gaúchos nesta sexta. Diversas localidades devem ter acumulados perto ou acima de 50 mm. Em alguns pontos podem ser esperados volumes até de 75 mm a 100 mm.

Ar mais quente trazido por uma corrente de jato em baixos níveis originada na Bolívia alimenta a instabilidade. Com isso, o risco de temporais é alto. A corrente de jato atua mais sobre a Metade Norte de forma que essa será a parte do território gaúcho com maior potencial para tempo severo (granizo e/ou vento forte), apesar de temporais também em outras regiões do Estado.

Nosso modelo WRF, em sua saída da madrugada desta sexta, segue indicando vento forte a intenso acompanhando a instabilidade, especialmente na Metade Norte gaúcha, em áreas como o Planalto e a Serra, tal como no Paraná e em Santa Catarina. O indicativo não é de vento forte generalizado, mas em pontos isolados. Assim, o risco de vendavais existe, porém de forma localizada.

Com a presença da corrente de jato em baixos níveis uma possibilidade marginal de atividade tornadica não pode ser afastada na Metade Norte gaúcha e no Oeste Catarinense, mas enfatizamos que esse “jato” não é intenso, a pressão atmosférica não está muito baixa e o sistema não avança em linha, de forma que o risco de tornados não é elevado.


O tempo melhora no fim de semana com o ingresso de uma forte massa de ar polar. No sábado haverá variação de nebulosidade com sol e períodos de tempo fechado que podem trazer precipitação. Fará muito frio e o vento será responsável por sensação térmica muito baixa. Já no domingo se espera tempo aberto com muito frio cedo e geada.

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

 

Anúncios