Anúncios

A MetSul Meteorologia alerta para volumes excessivamente altos a extremos durante esta semana em Santa Catarina e o Paraná. O cenário é de perigo porque os acumulados que são esperados tendem a ser altíssimos, atingindo em alguns pontos até 200% da média de chuva de janeiro que é mais chuvoso e possui médias mais altas, especialmente no Paraná.

Os modelos meteorológicos analisados pela MetSul são unânimes em projetar volumes de precipitação por demais elevados para esta semana nos territórios catarinense e paranaense. Os acumulados em alguns municípios na semana podem ficar entre 300 mm e 400 mm. O modelo WRF, por exemplo, indica mais de 100 mm em muitos pontos de Santa Catarina e principalmente do Paraná somente até 9h de quarta, com marcas até de 300 mm ou mais em pontos isolados. Este modelo tem uma resolução maior e, por isso, antecipa melhor volumes extremos isolados. Se somente até 9h de quarta já indica tais marcas, com o que se espera para o período entre 9h de quarta e o final desta semana, os volumes serão ainda maiores.


O modelo meteorológico alemão, igualmente disponível ao assinante na seção de mapas da página com quatro atualizações diárias, da mesma forma indica volumes muito altos em Santa Catarina e no Paraná. Projeta marcas acima de 200 mm em alguns municípios até o final da semana. Este modelo, pela menor resolução, não identifica acumulados mais extremos isolados.

Diante deste cenário, que reiteramos é de perigo meteorológico, são prováveis inundações repentinas, subida de rios e córregos, alagamentos em áreas urbanas e rurais, e o mais preocupante que são deslizamentos de terra. Áreas do Norte e do Nordeste de Santa Catarina e do Paraná, em especial, devem manter nível de atenção elevado para os avisos de emergência das defesas civis locais.


No Rio Grande do Sul, a instabilidade deve se concentrar mais na segunda metade desta semana e na Metade Norte com chuva mais escassa no Sul gaúcho. Localidades situadas mais próximas da divisa com Santa Catarina, no Norte do Estado, podem ter acumulados altos, até acima de 100 mm em alguns.

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

Anúncios