Anúncios

Selfie na neve no Central Park | ADAM GRAY/AFP/METSUL METEOROLOGIA

Chegou ao fim a “seca de neve” na cidade de Nova York. A maior cidade dos Estados Unidos registrou sua maior queda de neve em um único dia em quase dois anos nesta terça-feira, interrompendo a maior sequência de dias sem neve significativa (ao menos uma polegada ou 2,54 cm) já registrada desde o começo das medições em 1869. Nevou em 2022 e mais cedo neste ano, mas nenhum evento atingiu a referência de uma polegada.

Os Estados Unidos enfrentam uma poderosa onda de frior por incursão de ar extremamente gelado do Ártico que atingou principalmente o Norte, as Planícies Centrais, o Meio-Oeste e a região dos Grandes Lagos com dois ciclones do tipo bomba em apenas uma semana no Mei-Oeste.


Às 7h desta terça, hora do Leste dos Estados Unidos, 1,4 centímetro de neve havia caído na estação do Central Park, que é a de climatologia histórica para a cidade de Nova York. Com isso, interrompeu-se uma sequência de 701 dias sem acumulação de ao menos uma polegada em um dia.

A última vez que houve neve significativa de ao menos uma polegada em um intervalo de 24 horas na estação do Central Park, em Manhattan, tinha sido em 13 de fevereiro de 2022, quando caiu 1,6 polegada de neve na estação do Central Park.


Para se ter ideia de quão longa foi a “seca de neve” de 701 dias, o recorde anterior da cidade de Nova York sem neve significativa era de 400 dias e terminou no dia 21 de março de 1998, ano de El Niño intenso.

Mas não só em Nova York acabou a “seca de neve” nesta semana. Outras importantes cidades do Nordeste dos Estados Unidos também tiveram uma quebra no longo jejum de dias sem registro de ao menos uma polegada do fenômeno.

NCDC/NOAA

No Aeroporto Internacional da Filadélfia foram 715 dias sem uma polegada de neve em um dia meteorológico, período que se encerrou no dia 14, recorde desde o começo da medições em 1940. O período mais longo anterior sem neve de uma polegada tinha sido de 413 dias e acabou em 11 de abril de 1973.

No Aeroporto de Washington Dulles, também no dia 14 acabou uma sequência sem neve de uma polegada ao menos em dia meteorológico que durou 673 dias. O recorde prévio era de 413 dias e que se encerrou em 11 de abril de 1973. As medições em Dulles se iniciaram em 1960.

Já no Baltimore-Washington International Airport, a “seca de neve” de uma polegada durou 716 dias e se encerrou no dia 14. O recorde anterior era de 672 dias até 25 de dezembro de 2012. As medições oficiais em BWI começaram em 1950.

A MetSul Meteorologia está nos canais do WhatsApp. Inscreva-se aqui para ter acesso ao canal no aplicativo de mensagens e receber as previsões, alertas e informações sobre o que de mais importante ocorre no tempo e clima do Brasil e no mundo, com dados e informações exclusivos do nosso time de meteorologistas.

Anúncios