Anúncios

Chuva forte causou alagamentos em Porto Alegre | MARIA EDUARDA FORTES/CORREIO DO POVO

Uma frente fria trouxe chuva nesta quinta-feira para diversas regiões do Rio Grande do Sul. Como esperado, a chuva foi irregular e não alcançou todas as cidades, embora tenha chovido na grande maioria dos municípios gaúchos no decorrer do dia. Onde mais chove foi em cidades do Sul e do Leste do estado.

Entre as localidades que anotaram volumes mais altos estão municípios da região metropolitana da capital. Chuva forte a torrencial causou alagamentos hoje em Porto Alegre e Canoas. Na capital, choveu mais na zona Norte com 32 mm. Em Canoas, 58 mm na Mathias Velho, 51 mm no São Luís e 50 mm no Marechal Rondon.


O tempo firme predomina no Rio Grande do Sul nesta sexta, mas não significa que não vai chover no estado. O sol aparece com nuvens em todas as regiões, mas pode chover de forma extremamente isolada, especialmente à tarde, sobretudo na Metade Norte. Será chuva de verão passageira na escala de poucos bairros de tão localizada que se prevê.

Ar mais frio atua no Sul gaúcho, onde o dia é bastante agradável para o mês de janeiro com máximas abaixo de 25ºC na maior parte das cidades. Não será uma sexta-feira muito quente no restante do estado com máximas abaixo de 30ºC na maioria das cidades. Já no Oeste e no Noroeste aquece mais.


No sábado, outro dia de sol e nuvens com predomínio do tempo firme. A manhã é agradável e faz um pouco de calor à tarde. O domingo, por sua vez, terá sol. Ar mais quente ingressa com muito calor e máximas acima de 35ºC. O aquecimento intenso que se espera pode provocar chuva ou temporais em pontos isolados da tarde para a noite.

A MetSul Meteorologia está nos canais do WhatsApp. Inscreva-se aqui para ter acesso ao canal no aplicativo de mensagens e receber as previsões, alertas e informações sobre o que de mais importante ocorre no tempo e clima do Brasil e no mundo, com dados e informações exclusivos do nosso time de meteorologistas.

Anúncios