Anúncios

Calor retorna com forte intensidade neste fim de semana ao Rio Grande do Sul com ingresso de ar mais quente trazido por correntes de vento de Norte | FELIPE DALLA VALLE/GOVERNO RS

Muita gente se pergunta o que ocorreu com o verão no Rio Grande do Sul neste começo de ano. Não é para menos. Os últimos dias de 2023 e os primeiros de 2024 no estado foram marcados por temperatura abaixo a muito abaixo da média. Somou-se ainda a instabilidade nesta semana na costa com a umidade vinda do mar.

O padrão nos últimos dias fugiu tanto ao normal desta época do ano que a virada se seu com frio no Rio Grande do Sul. O último dia do ano registrou temperaturas mínimas de 9ºC a 11ºC na Serra e nos Campos de Cima da Serra. No último dia de 2023, a temperatura desceu a 11ºC no Lami, no extremo Sul de Porto Alegre.


O que determinou a temperatura atipicamente foi o ingresso de uma massa de ar frio. O centro de alta pressão associado à massa de ar frio, sobre o Atlântico Sul, continuou atuando nos primeiros dias deste ano com fluxo de umidade e vento do mar em direção ao continente, trazendo instabilidade mais no Leste gaúcho e as temperaturas muito confortáveis para janeiro.

Em Porto Alegre, o último dia muito quente foi 28 de dezembro com máxima de 36,4ºC no Jardim Botânico. Desde então, os dias foram agradáveis ou com pouco calor durante a tarde. Nos últimos três dias de 2023, as máximas foram, respectivamente, de 30,0ºC; 26,6ºC; e 25,5ºC.


Os primeiros dias do ano anotaram máximas de 30,5ºC; 30,3ºC; 28,7ºC; e 27,8ºC. Assim, nenhum dia até agora em janeiro sequer alcançou a temperatura máxima média histórica de janeiro em Porto Alegre de 31,0ºC.

Esta condição de tempo mais agradável com vento do quadrante Leste, que traz ar mais frio do mar para o continente, entretanto, está fadada a terminar. Isso porque as correntes de vento vão se alterar e passar a soprar do quadrante Norte neste fim de semana, o que significa o ingresso de ar mais quente de origem tropical.

Condição hoje é de uma alta pressão no Oceano Atlântico trazendo vento do quadrante Leste com ar mais ameno do mar para o continente no Rio Grande do Sul | EARTH NULL

Condição prevista para o domingo indica correntes de vento vindas de Norte para o Rio Grande do Sul que vão trazer ar quente, o que vai resultar em forte a intenso calor para os gaúchos | EARTH NULL

Por isso, a temperatura sofrerá uma elevação muito acentuada no Rio Grande do Sul neste primeiro fim de semana de janeiro com tardes mais quentes no estado gaúcho, em especial a do domingo que deve ser muito quente. Logo, quem estava ansioso pelo retorno do calor para aproveitar o mar ou a piscina poderá desfrutar das máximas mais altas.

A previsão da MetSul Meteorologia indica máximas em Porto Alegre de 32ºC a 33ºC na tarde deste sábado e de 35ºC a 36ºC na maioria dos bairros na tarde do domingo. Já nos vales e parte da Grande Porto Alegre, os termômetros podem indicar até 34ºC a 35ºC no sábado e 37ºC a 39ºC no domingo. No Noroeste, o domingo pode ter máximas à tarde em algumas cidades entre 38ºC a 40ºC.

Na semana que vem, na maioria dos dias, o ar quente persiste sobre o Rio Grande do Sul. Ocorre que passará a ser mais úmido, o que fará com que os dias e as noites sejam de tempo mais abafado e aumente enormemente a ocorrência de pancadas isoladas de chuva típicas de verão com temporais localizados de chuva intensa, raios e vento.

A MetSul Meteorologia está nos canais do WhatsApp. Inscreva-se aqui para ter acesso ao canal no aplicativo de mensagens e receber as previsões, alertas e informações sobre o que de mais importante ocorre no tempo e clima do Brasil e no mundo, com dados e informações exclusivos do nosso time de meteorologistas.

Anúncios