Anúncios

O domingo começou com tempo bom e muito frio no Rio Grande do Sul, mas já hoje se espera que haja mudanças no quadro atmosférico com o retorno da chuva nas Metades Oeste e Norte do Estado. Pode chover em regiões como a Fronteira Oeste, Noroeste, Missões, Médio e Alto Uruguai, Alto Jacuí, Planalto Médio e mais para o final do período até em pontos do Centro do Estado e da Serra. A instabilidade estará associada a vórtice ciclônico em médios e altos níveis da atmosfera e que nós meteorologistas denominamos no jargão de “baixa fria”. Amanhã, este sistema que se originou na costa do Chile e avança do Norte da Argentina para o Sul do Brasil trará chuva mais ampla para o Centro e o Norte gaúcho, Santa Catarina e o Paraná.  



Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas


A MetSul Meteorologia alerta que “baixas frias” são pródigas em gerar granizo que, em alguns casos, até caem com registro de grande acumulação no solo. No ano passado, por exemplo, sistema igual trouxe grande granizada na Serra no final de março. Extensas áreas ficaram cobertas pelo gelo em Nova Roma do Sul (foto acima de arquivo de Paulo Nascimento/BM). A atmosfera mais fria ao redor da baixa pressão que gera instabilidade favorece o fenômeno. Por isso, atenção para o risco de granizo na atuação deste sistema sobre o Sul do Brasil, Mato Grosso do Sul e São Paulo hoje e, principalmente, amanhã. Não raro o gradiente térmico (diferença de temperatura) entre altitude e superfície nestas ‘baixas frias” gera convecção mais profunda e traz até mesmo formações de natureza tornádica como nuvens funis ou trombas d’água sobre o mar ou lagoas.

Anúncios