Anúncios

O Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE) pode autorizar hoje a utilização de todas as usinas termelétricas a gás disponíveis devido ao quadro crescentemente ruim dos reservatórios de água no país. A chuva foi muito abundante em novembro, contudo as precipitações diminuíram muito a partir de dezembro e a escassez se acentuou no mês passado. O preço de liquidação das diferenças no mercado livre de energia explodiu.

Ontem, conformado dados do Operador Nacional do Sistema (NOS), os reservatórios se encontravam em 31,8% da capacidade na Região Norte, 41,6% na Região Sul, 26,2% no submercado do Sudeste e do Centro-Oeste, e 42,1% no Nordeste do Brasil. Furnas, por exemplo, funciona com só 26,84% do volume.


Espera-se um aumento dos níveis dos reservatórios neste mês em grande parte do país com o retorno da chuva mais freqüente para o Norte, Centro-Oeste, o Sudeste e até parte do Nordeste, mas muito dificilmente as precipitações nesta altura do verão, já tardiamente, serão suficientes para normalizar os reservatórios.


Com usinas térmicas operando, problemas hidrológicos e um elevado custo de energia no mercado, a tendência é que o consumidor pague mais pela luz nos próximos meses. A bandeira tarifária, hoje verde, não deve se manter.  

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

 

Anúncios