Anúncios

Forte vendaval de curtíssima duração atingiu hoje, no começo da tarde, Vacaria. O vento destelhou casas e até a estação rodoviária do município dos Campos de Cima da Serra (foto). Telhas ficaram espalhadas pelas ruas e sobre a fiação elétrica do município. 

 


Na estação do Instituto Nacional de Meteorologia, as rajadas máximas ficaram em 70 km/h, porém como o vento varia muito de um ponto para o outro, as muito rápidas rajadas que foram responsáveis por danos em outros pontos da cidade tiveram intensidade maior.

Não se pode afirmar, apesar de menções do público, de que houve um tornado na localidade do Nordeste gaúcho. No principal vídeo analisado, de uma casa sendo destelhada, não se observa uma coluna de rotação entre o solo e a base da nuvem de tempestade. Há, contudo, casos documentados de tornados extremamente pequenos em que o funil não é claro. 

Pinhal da Serra, na mesma região, teve rajadas de 91 km/h. Foi o quinto dia seguido com registro de temporais no Rio Grande do Sul numa semana marcada por enorme instabilidade e estragos contabilizados em dezenas de municípios. Semana também que termina com um saldo de volumes de chuva altíssimos em diversas localidades do interior, sobretudo do Centro para o Oeste gaúcho com marcas de 150 mm a 250 mm. Em Alegrete, só nesta semana, alguns pontos tiveram entre 220 mm e 230 mm. Apenas na quinta-feira, parte de Santa Maria acumulou 150 mm.


Na próxima semana, o tempo seco predomina aqui no Estado e os temporais serão freqüentes na Região Sudeste do Brasil.

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

 

Anúncios