O ciclone extratropical entre os litorais do Sul e do Sudeste do Brasil causou vento moderado a forte em diversas capitais brasileiras nesta quarta-feira com as consequências graves registradas nas cidades de Florianópolis e São Paulo, onde a ventania causou estragos e deixou até pessoas feridas.

Na cidade de São Paulo, ao menos duas pessoas ficaram feridas com quedas de árvores na tarde de hoje, informou o Corpo de Bombeiros. De acordo com o jornal Folha de São Paulo, a estrutura de um estande voou e caiu sobre um avião no aeroporto de Congonhas, na zona sul da capital paulista.


Pessoas que participavam de feira aviação em Congonhas foram surpreendidas pelo barulho. Inicialmente, pensaram que era uma demonstração de algum avião na pista, mas logo viram a estrutura do estande voando. Ao menos um jato executivo foi atingido pelo teto. A Infraero confirmou que o acidente foi no estande da feira.

As rajadas de vento no Aeroporto de Congonhas no final da tarde de hoje atingiram 74 km/h. Já no Campo de Marte foram anotadas rajadas durante o entardecer de 61 km/h. O Aeroporto Internacional de Guarulhos igualmente anotou 74 km/h. Estação em Interlagos mediu vento de 71 km/h.

Na cidade do Rio de Janeiro, o pior do vento ainda está por chegar nas próximas horas, mas no fim da tarde já ocorriam rajadas perto de 60 km/h. Em Curitiba, no Paraná, estações apontaram vento de até 40 km/h. Em Porto Alegre, pela maior distância do centro do ciclone, o dia todo teve a presença de vento, fraco na maior parte do tempo, mas em alguns momentos com rajadas esporádicas que não chegaram a ser fortes e atingiram de 30 km/h a 40 km/h.

Em Florianópolis, assim como em São Paulo, o vento foi mais forte com cortes de energia elétrica e outros transtornos (veja vídeos). A estação do aeroporto da capital catarinense chegou a reportar rajadas de vento de 85 km/h ao amanhecer, perto das 7h da manhã.


São Paulo ainda deve ter rajadas de vento forte nesta noite enquanto na costa paulista devem ser esperadas rajadas intensas, mas a ventania cede durante a quinta-feira. Nas capitais do Sul, o vento também sopra mais fraco nesta quinta. Na cidade do Rio de Janeiro, ao contrário, se projeta uma intensificação do vento com rajadas por vezes fortes a ocasionalmente intensas.