Anúncios

A madrugada desta segunda-feira com até 28ºC em algumas cidades prenunciava um dia escaldante e foi o que ocorreu. As máximas à tarde no Estado chegaram a 39,6ºC em Teutônia e em Venâncio Aires, 39,4ºC em São Leopoldo, 39,1ºC em Três Coroas, 38,9ºC em Lajeado, 38,4ºC em Canoas e Santa Cruz do Sul, e 38,2ºC em Porto Alegre e Campo Bom. 

Bagé (Jornal Minuano)

Como a MetSul alertava, a instabilidade chegaria nas horas mais quentes do dia, à tarde, e isso determinaria fortes temporais com vendavais. O vento fez estragos com destelhamentos na fronteira com o Uruguai, no Sul gaúcho, na Serra do Sudeste, nos vales e na Grande Porto Alegre.


Livramento (RCC)

Livramento, Encruzilhada do Sul e Bagé foram algumas das cidades mais afetadas. Rajadas de vento ficaram próximas de 100 km/h em alguns municípios como Livramento e Encruzilhada. Em Porto Alegre, as rajadas ficaram ao redor de 70 km/h e foram suficientes para derrubar árvores.

Porto Alegre (Marcia Breda)

No fim da tarde, somente na área da CEEE havia 276 mil clientes sem luz (cerca de um milhão de pessoas), sendo 110 mil unidades consumidores só na Capital. 

Porto Alegre (Sandra Porto)

Porto Alegre (Fernando Oliveira)

Novo Hamburgo (Rodrigo Giacomet)

O que ocorreu é apenas o começo de um período de tempo extremamente instável que vai até o final desta semana e que trará eventos de chuva forte a torrencial em diversas regiões e novos temporais de vento, raios e granizo. 


Montevidéu

Na Argentina, o tempo severo das primeiras horas de ontem deixou dois mortos em La Plata, além de estragos por vento e inundações. Também o Uruguai teve estragos pelas tempestades.

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

 

Anúncios