Anúncios

Arquivo MetSul

Há 20 anos, em 11 de outubro de 2000, um devastador tornado atravessou no começo da noite a área de Águas Claras em Viamão, na Grande Porto Alegre, com vento acima de 200 km/h. O violento tornado virou carros e decepou centenas de árvores. 

Até hoje o fenômeno é recordado na região e com trauma, a ponto de um morador ter construído um abrigo subterrâneo para tempestades depois do episódio. O tornado de Viamão de 11 de outubro de 2000 antes havia passado pelo Extremo Sul de Porto Alegre, onde até virou pequenas aeronaves no aeroclube de Belém Novo, onde um portão projetado para resistir a vento acima de 150 km/h veio abaixo.

O tornado de Águas Claras, que foi estimado como um F3 na escala Fujita que vai até 5, é uma recordação de como esta época do ano é propícia a tempo severo no Rio Grande do Sul e que fenômenos muito severos no Estado sempre ocorreram. À época, como hoje, atuava o fenômeno La Niña que, segundo alguns estudos, agrava o risco de tornados em tempestades severas. 

Anúncios