Anúncios

Porto Alegre e região foram atingidas ontem pelo terceiro temporal em apenas 48 horas. O primeiro, no fim da tarde da sexta, inundou a Capital. O segundo, na madrugada do sábado, causou alagamentos na zona Norte de Porto Alegre e cidades vizinhas como Canoas e Cachoeirinha. E o do fim da tarde de ontem que castigou com mais força as cidades do Vale do Sinos.

Porto Alegre – Fernando Mainar

Canoas – Sandro Müller

Porto Alegre – Rosinara Ferreira

Caiu muito granizo em Sapiranga.  O fenômeno também foi registrado em Campo Bom. Em Novo Hamburgo, as rajadas de vento forte derrubaram árvores e houve alagamentos em diversos bairros.


Sapiranga

 A estação do Instituto Nacional de Meteorologia registrou 30 mm de chuva durante o temporal, mesmo volume anotado na estação do Bairro Fátima em Canoas.

Porto Alegre – Jussara de Freitas

Porto Alegre teve chuva forte e até alguns pontos de alagamentos, mas a chuva sequer ficou perto dos mais de 50 mm em apenas meia hora do temporal da sexta. O vento, contudo, foi mais forte que na sexta-feira e alcançou 74 km/h na pista do Aeroporto Salgado Filho, velocidade idêntica ao que foi registrado na base aérea de Canoas.


Novo Hamburgo – Jornal NH

Hoje, o risco de chuva localmente forte segue no Rio Grande do Sul, especialmente do Centro pro Norte gaúcho. E a instabilidade vai se repetir nos próximos dias. A partir da quinta a instabilidade volta a se generalizar e o final da semana rerá muita chuva com elevados volumes em parte do território gaúcho.  

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

 

Anúncios