Anúncios

As cores do outono pintam a paisagem do Rio Grande do Sul e o calendário indica 10 de junho, mas o que os gaúchos vão experimentar nesta semana ocorre tipicamente entre o fim de março e o começo de abril, na transição do verão para o outono: noites amenas e tardes quentes.

Isso porque se instala um bloqueio atmosférico que vai garantir fluxo de vento de Norte, trazendo ar mais quente. Grande parte do Sul do Brasil estará durante esta semana sob a influência da grande massa de ar seco que cobre a maioria das áreas do território brasileiro.


Sob esse padrão de bloqueio, a temperatura se eleva e devem ser esperadas máximas até ao redor de 30ºC e por vários dias seguidos em pleno junho. As frentes frias não conseguem avançar e a instabilidade vai ficar retida sobre o Uruguai, onde deve chover muito nos próximos sete a dez dias.

Acumulados de 100 mm a 200 mm são projetados pela MetSul pra maioria dos departamentos uruguaios com marcas de 200 mm a 300 mm em algumas áreas, até potencialmente superiores na soma de dez dias. Com isso, crescida de rios e arroios com inundações e enchentes vão afetar o país vizinho.


Pela proximidade, áreas do Oeste e do Sul gaúcho também devem ter chuva ao longo da semana com risco de altos volumes, por exemplo, na região do Chuí. Por sua vez, em muitas cidades da Metade Norte gaúcha poderia voltar a chover somente na próxima semana, mantendo-se o tempo firme e quente para a época do ano até lá.  (Com foto de capa de Sandro Müller) 

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

 

Anúncios