Temporais voltaram a provocar estragos e transtornos no Rio Grande do Sul, como era antecipado pela MetSul. Por cerca de meia hora, um forte temporal castigou a cidade de São Sebastião do Caí, no Vale do Caí. A tempestade teve início por volta das 20h30min. Árvores caíram sobre casas e ruas e residências foram destelhadas. Na ERS-124, entre Pareci Novo a São Sebastião do Caí, várias árvores caíram sobre a pista. No final da terça e no começo desta quarta houve chuva torrencial em Porto Alegre e vários municipios da Grande Porto Alegre. A chuva foi mais intensa no Vale do Sinos. Em Campo Bom, a estação do Inmet teve 44 mm em só uma hora. Novo Hamburgo teve alagamentos (foto abaixo de Jessica Palini/Jornal NH).


A MetSul Meteorologia alerta para o risco de chuva localmente forte a torrencial hoje e amanhã no Rio Grande do Sul. Frente fria atua nesta quarta no Centro, Oeste e no Sul do Estado com chuva a qualquer hora do dia. Nestas áreas, a temperatura cai e estará baixa para esta época do ano ao longo do dia, inclusive com sensação de frio em algumas localidades. Pontos da Serra do Sudeste e Campanha podem ter marcas tão baixas como 15ºC a 17ºC à tarde. No Norte e no Nordeste do Estado, ainda sob influência de ar mais quente, períodos de aberturas ocorrem e a temperatura estará mais alta, mas chove na maioria dos locais da tarde para noite. Há risco de chuva forte localizada. A quinta deve começar com muitas nuvens e chuva na maioria das regiões, mas no decorrer do dia o tempo deve começar a abrir em várias regiões a partir do Sul e do Oeste. Em pontos do Norte e do Leste do Estado, porém, o tempo ainda terá maior nebulosidade e períodos de chuva. A instabilidade será maior no Nordeste gaúcho, especialmente entra a Serra, Grande Porto Alegre e o Litoral Norte. Na sexta e no fim de semana, o sol predomina no Rio Grande do Sul com algumas nuvens no céu. Pode ter chuva esparsa e passageira no Leste do Estado entre sexta e sábado, e em setores localizados do interior da tarde para a noite do domingo. Na segunda-feira de Carnaval, a chuva avança do Norte da Argentina para o Oeste do Rio Grande do Sul e no decorrer do dia para a maior parte do Estado. Na terça-feira, chove no Leste gaúcho ao passo que melhora o tempo pela Metade Oeste gaúcha com a volta do sol.



Forte massa de ar frio para fevereiro avança neste momento pela Argentina. Em Mendoza, causou temporal de chuva e neve nos Andes. Nas partes mais altas da região montanhosa, a forte nevada determinou o fechamento da passagem entre Chile e Argentina (foto acima). O ar frio avançará pelo Rio Grande do Sul entre hoje e quinta com forte queda da temperatura. Nesta quarta, o ar mais frio atua no Oeste, Sul e parte do Centro do Estado, alcançando as demais regiões na quinta. Pontos da Serra do Sudeste e Campanha podem ter marcas tão baixas como 15ºC a 17ºC na tarde desta quarta. Na quinta, máximas baixas são esperadas na maior parte do Rio Grande do Sul. O Estado terá madrugadas frias na sexta e no fim de semana com marcas de 15ºC a 17ºC na região metropolitana durante a madrugada e ao redor de 10ºC na Serra e Aparados. Mínimas de 11ºC a 13ºC podem ocorrer ainda em cidades do Alto Jacuí (Cruz Alta), Planalto Médio (Passo Fundo) e Alto Uruguai (Erechim).