Anúncios

Novo Hamburgo- Daniel Hahn

A temperatura disparou ontem no Rio Grande do Sul. Com o ingresso de correntes de vento de Norte, a massa de ar muito quente que cobre grande parte do país e que chegou a provocar máximas de 42ºC ontem no Mato Grosso do Sul, tomou conta da maioria das regiões gaúchas.

A máxima chegou a 36,8ºC em Santa Rosa. Muitas cidades da Serra tiveram uma tarde atipicamente quente para setembro com 32ºC em Gramado, 31ºC em São Francisco de Paula e 30ºC em Ausentes. No início da tarde, municípios da Serra tinham temperatura mais alta que cidades da área metropolitana. Em Parobé, a máxima foi de 32,4ºC, praticamente a mesma de Gramado.


E não foi só ar quente que ingressou no Estado. A corrente de jato (vento) em baixos níveis da atmosfera pelo interior do continente e originada na Bolívia que trouxe a massa de ar quente pro Rio Grande do Sul carregou junto a grande pluma de fumaça das queimadas da região amazônica, Brasil Central (Cerrado e Pantanal) e de incêndios em países vizinhos como Bolívia e Paraguai.


Muitos seguidores da MetSul nas redes sociais notaram o tom acinzentado do céu, mas foi o entardecer que mostrou com nitidez a presença da fumaça, como se viu em diversas regiões do Rio Grande do Sul.

Novo Hamburgo – Daniel Hahn

Canoas – Luciano Muller

Esteio – Júlio Sal

Venâncio Aires – Douglas Becker

Livramento – Anderson Alves

O material particulado na atmosfera realçou muito as cores do pôr do sol com um ocaso de tonalidades mais rosas e avermelhadas que o normal. O mesmo ocorreu à noite com a lua muito alaranjada.

 

Anúncios